Então é Natal…

Comecei a decorar ontem à noite, junto com marido e filho, a casa para o Natal.
É uma decoração simples: uma árvore de Natal, um presépio,vasos, jogos de luz e mais uma ou outra coisinha.
O primeiro enfeite que colocamos foi esse Papai Noel alpinista, que sobe e desce na cordinha dourada ao som de “Noite Feliz”.
Cada dia vamos arrumar um pouquinho. Acho que até domingo estará tudo pronto.
Mas tanto tempo pra arrumar tão pouca coisa? Sim! É que a gente mais conversa do que decora. E se diverte lembrando de outros Natais.
Ontem, por exemplo, a gente ria com as histórias do meu filho contando das armadilhas que ele fazia quando criança pra pegar o Papai Noel.
O sonho de toda criança é ver o Papai Noel, né?
Pois bem, meu filho inventava umas geringonças para que quando Papai Noel entrasse no quarto dele um “alarme” disparasse. Caso ele estivesse dormindo, acordaria com o barulho e veria o Papai Noel. O problema é que ele mostrava essas armadilhas para mim e pro pai dele. Assim, a gente dava um jeito de desmontar o “alarme” e quando ele estava ferrado no sono entrávamos no quarto, devagarinho, e colocávamos os presentes lá. De manhã, nos mostrando os presentes ele falava de como o Papai Noel era tão “fera” que conseguia entrar no quarto sem que o alarme disparasse. E prometia: “Mas ano que vem vou fazer uma armadilha mais bacana e vou conseguir ver o Papai Noel”.
Lembramos também de um bolo que eu tinha que fazer todo ano. Era no formato de árvore de Natal, confeitado com glacê verde e todo decorado com jujubas coloridas. “Mãe, não esquece de fazer o bolo do Papai Noel porque ele vem de muito longe e vai chegar aqui em casa com fome.” Eu fazia o bolo. E de madrugada eu e meu marido comíamos um pedaço. De manhã, quando meu filho via que o bolo não estava inteiro, ficava muito feliz achando que era o Papai Noel que tinha comido. Durante muitos anos tive que fazer este bolo. E fazia com alegria e com imenso prazer.
Aí lembrei  das guloseimas natalinas que meus pais faziam quando eu era criança, dos presentes que ganhei e do dia que descobri que Papai Noel não existia. Mas isso depois eu conto.

E você? Já está arrumando a sua casa para o Natal? Manda fotos pra gente postar aqui no blog.
E que tal compartilhar receitas de guloseimas natalinas? Quer contar como será seu Natal? Quer falar de outros Natais? Mande o que você quiser para o e-mail [email protected] que a gente publica aqui no blog. Ou conta aí na caixinha de comentários.

P.S – A árvore de Natal da casa da Alcilene é linda demais (vou lá fotografar pra mostrar pra vocês) e ela tem uma receita de bacalhau que é uma delícia. Tomara que ela mande aqui pro blog.

  • Eu amo natal!!! Aqui em casa a arrumação da casa é uma festa, mobilização geral!!!Meus filhos deixaram de aguaradar(não de acreditar) o Papai Noel a pouco tempo, o mais velho quando descobriu contou p a caçula q ficou horrorizada, dizendo que era mentira… na epóca em que eles acreditavam tinhamos muito trabalho, mas até hoje as cartas são colocadas na árvore(bem verdade que os pedidos da Giulia, a caçula, mudam a cada dia)e os presentes são escondidos, digo a eles que o Papai Noel esta dentro de nossos corações. Lembro com muitas saudades da minha infância, eu e meus 8 irmãos fomos muito felizes, meu saudoso pai era quem comprava os enfeites para arrumarmos a casa, lembro da bota que faziamos de papelão,rsrssr..enfim. Hoje terminamos nossa decoração e confesso que ficou linda, nossa árvore também foi batizada com meu sobrenome, os laços são de oncinha, uma graça,rsrsrs,. Aproveito p desejar um Natal abençoado a todos, com muitos enfeites mais acima de tudo com muita união e fraternidade.
    Ah, vou enviar uma receita de sobremesa que eu faço que é um sucesso, bolo de Limão, delicioso.

    • Vou ficar esperando a receita do bolo de limão. Mande logo! Aproveite e mande uma foto da sua árvore de Natal.
      Beijos

  • Alcinea,este é o primeiro Natal que minha se desperta para vislumbrar as decoraçoes das casas e as outras coisas mais,ela tem 6 anos e pediu ao paizinho dela para comprar um arvore para ela,e quando nos fomos escolher,ela tambem pediu que a decoraçao fosse toda rosa,enfim o papito atendeu e a arvore ficou lindona e mimosa igualmente a ela.Ficou sendo chamada a arvore da barby,cheia de detalhes e bolas rosas e lilas,um show só!todas anoites ela pede para ligar as luzinhas e fica sentada admirando a arvore que ela mesma ajudou a montar,ficamos todos felizes c a alegria dela.bjs

  • Lembrei de quando era criança, meu pai mandou colocar grades nas janelas de casa, nossa!!! fiquei desesperada, como Papai Noel iria entregar os presentes?? perguntava aos prantos para minha mãe, que como toda mãe sabendo sair dessas enrrascadas disse que Papai Noel iria ficar pequenininho e passar pelas grades para deixar os presentes… pode…só criança mesmo pra cair nessa rsrsrs…

  • Cara Alcinea, gostaria de lhe fazer um pedido, vc poderia postar uma maneira diferente para alegrar o natal… exemplo: O MEU PRIMEIRO NATAL.
    Estou feliz da vida e gostaria de compartilhar com todos….afinal, será o 1º Natal de meu filhinho Neto…que tal mandar-mos fotos de nossas belas crianças em homenagem ao 1º Natal delas….ou tenho certeza que muita gente tem foto do seu 1º Natal.
    um grande abraço!

      • Na verdade, este será o 1º Natal de meu filho que está com 8 meses, mandarei sim o texto (contando esse momento feliz que estamos passando). Com certeza este natal será super especial para mim.
        desde já obrigado pela atenção!
        grande abraço!

  • Eu AMO o Natal….. Comprei uma enorme árvore, enfeito a casa, compro os presentes, escondo pro papai noel entregar na escola…. enfim curto com a minha família tudo que não curti na infância porque eu não tinha condições e o meu Papai Noel que tanto esperei nunca veio…. Hoje eu sou o meu papai Noel e agradeço muito a Deus por ter me dado condições de realizar os meus sonhos de infância e os sonhos dos meusm filhos amados! Feliz Natal a todos!

  • Néa, de-sa-fi-o a Alcilene a postar a receita, antes do natal. A propósito, aqui em casa temos uma iguaria que chamamos de Oh não, mamãe! Só o filé. Aqui em casa o natal começa em novembro e vai até começo de julho (quando desarmamos a árvore p/ viajarmos de férias). Temos um coral familiar e outro, na Advocacia Geral da União (onde trabalho). Este ano estamos ensaiando p/ cantar na Casa da Hospitalidade, com o padre Jorge Sérgio.

    • De novembro a julho? Eita Natal longo rsssss
      Manda a receita do “Oh não, mamãe”. Fiquei curiosa pra saber porque esse nome.
      Gostaria muito de ter uma foto do coral familiar.

      • Receita do oh não, mamãe: (Esta receita nos foi dada por 1 famoso Chef Español : Cléber Rogel, amigo nosso). Prepara 1 creme (maracujá-polpa de fruta, 2 lata de leite moça, 1 creme de leite. caso vc ñ queira q fique muito doce, faz 1 leite moça e 2 de creme),fatia um bolo de padaria, bem fininho. Depois, põe a 1ª camada de creme e 1 de bolo. vai alternando até ficar bem coberto. A última camada é de creme. Se quiser encher linguiça c/ frutas cristalizadas ou uvas, etc, pode. Depois, põe p/ gelar. É só servir. Rende bastante. Quanto ao nome, deu-se em razão da minha esposa só fazer esse doce. Num certo momento do ano, ao elaborarmos mais 1 niver, ao escolhermos o cardápio e lembrarmos do doce, nossos filhos responderam, uníssono: Oh não, mamãe!

  • Estou arrecadando alimentos na escola q trabalho, para posterior doação. Quem quiser ajudar é só falar, pois já me candidatei pra a Tribo Solidária mas ninguém deu sinal.

  • edson souza disse:
    29 de novembro de 2010 às 17:01ola pessoa eu tenho um amigo que esta com cancer o nome dele e vanderson faça parte deste ato de solidariedade estou vendendo rifa do vanderson…data :04/12/2010 local igreja n.aparecida hora:10hs rifa. R$ 5,00 reais fala com edson souz 9144-3797

  • Oba, obrigada por publicar meu humilde poeminha…Alcinéa, achei bacana demais esse seu Natal em família, a minha também comemora o Natal com muito carinho, mas meu filho acreditou em papai noel por pouco tempo, aos sete anos ele já se vestia do bom velhinho e tentava enganar as crianças menores. Gosto de decorar a casa antecipadamente, no dia dois de novembro já está tudo pronto, todo ano. Bom demais comemorar o Natal, devemos fazer isso intensamente, a vida passa rápido, cada Natal deve ser muito, muito especial…

  • O Natal e suas surpresas, em 2005 uma amiga contratou um Papai Noel pra festa natalina da escolinha dela. Surpresa o Papai Noel fugiu com 50% do combinado e nunca mais foi localizado. No dia ela me ligou desesperada e falou pra eu quebrar o galho de me vestir só pra entregar os presentes, lá fui eu dia 22 de dezembro de 2005 e outra surpresa ela tinha alugado uma roupa pequena demais, a calça ficou igual do tiririca justinha, eu sou muito peludo traços muito fechados devido ascendência Síria, pense num papai noel feio, era pior que isso que pensou!
    Pra fechar com chave de ouro entro no salãozinho da escola e uma criança grita a calça do papai noel tá rasgada, não me contive, tive uma crise de risos e fui responsável por acabar com os sonhos dos alunos dela, mas os pais adoraram…

    Amiga Sílvia dona da escolinha me encarnava muito, dizendo que eu fui “Papai Cruel” revelei para 47 crianças de uma vez só que Papai Noel não existe!

    • Natal sempre será natal. A indústria de brinquedos está aí para reforçar que Santa Claus existe. Histórias e estórias sempre serão contadas sobre o tema, que nunca se esgotará. O bom de tudo isto é que sempre sonharemos com algo de bom a realizar e, se ocorrer no mês de dezembro, colocaremos a culpa em Papai Noel. Enquanto a família for a base de reuniões, o natal sempre terá razão de ser. Bjos e parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *