Fim da greve na UEAP

Acordo entre Governo do Estado e sindicato põe fim à greve dos docentes da Ueap

Um acordo entre o Governo do Estado e o Sindicato dos Docentes da Ueap (Sindueap) estabeleceu o fim da greve de dez dias. O impasse motivador da paralisação, baseado no prazo de até o dia 30 de março para entrega do Plano de Carreira, Cargos e Remuneração (PCCR) na forma de Projeto de Lei à Assembleia Legislativa, e não aceito pela categoria, foi resolvido com a redução de dias pelo governo, passando a nova data para 22 de março.

A proposta do Sindueap condicionando a suspensão da greve à nova data, acatada pelo Governo do Estado ontem, 6, por meio do chefe da Casa Civil, Délcio Ferreira Magalhães, foi consensuada pelo sindicato após uma reunião com o comando de greve chamada pela reitora da Universidade do Estado do Amapá, Maria Lúcia Teixeira Borges, na terça-feira, 5, em que foi feito pedido de reconsideração do movimento grevista em função da não interrupção das negociações com o governo.

Um novo calendário de aulas será elaborado para cumprimento de carga horária e dias letivos previstos na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). As aulas iniciarão nesta sexta-feira, dia 8, prosseguindo com o sábado letivo, no dia 9.

(Keila Gibson Rebelo/Ueap)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *