Gente sem noção

Em Macapá existem poucos lugares para caminhada e nestes poucos ainda aparece gente sem noção passeando com cachorro brabo entre as pessoas que caminham ou fazem cooper.
Ontem à tarde foi assim na área em volta do estacionamento do aeroporto, onde dezenas de pessoas caminham ou correm no fim da tarde. Um sem noção levou para aquela área um cão da violenta e assustadora raça pit bull.
Conclusão: o “bichinho de estimação” assustou muita gente. Gente que teve que interromper o exercício, se mandar pra casa pra não ser atacada pela fera.

  • Olá Alcinea, hoje o fato voltou a se repetir, ligamos para o 190 que rapidamente mandou uma viatura para o local, colocaram o sem noção e o seu cão pra correr literalmente…

  • Em alguns Estados, inclusive no Pará, já existem leis estaduais que não só “disciplinam o passeio canino”, como também vetam os passeios em públicos de algumas raças, salvo engano, a pitbull é uma delas.
    É só algum Deputado Estadual apresentar um projeto de lei nesse sentido.
    att Josenildo Mendes de Sousa

  • Violentos e assustadores são os donos dos cães, esses sim são animais perigosos. Não tem bicho pior que o H. sapiens, o cão apenas segue sua programação instintiva. Cadê a administração pública que não regulamenta as condições para passeio público? Como o uso de focinheira, por exemplo. Além da sujeira que o animal deixa e o dono acha que o problema é dos outros, Brasilsilsilsil!

  • Realmente isso acontece muito em Macapá. Mas não é só porque é Pit Bull, tenho um, saio para passer com ele, e ele é bastante dócil. Mas quando vamos fazer esses passeios, tamém tomamos bastante cuidado com a população. OBS.: só vai com focinheira.

Deixe uma resposta para FHC Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *