Gitas e gitinhas

O DEM está coligado com o PP, que tem Pedro Paulo Dias como candidato ao governo, mas pede voto para o candidato tucano Jorge Amanajás.
Numa reunião ontem dos “demos”, os caciques do partido deram a ordem: todos tem que trabalhar duro na campanha para eleger Jorge Amanajás para o governo, Gilvam Borges e Waldez Góes para o Senado, Davi Alcolumbre para a Câmara de Deputados e Maria Góes para a Assembléia Legislativa.
Quanto a Pedro Paulo… ah, deixa pra lá.

O PT, partido cheio de tendências e correntes, coligou com o PSB mas dividiu-se em três, rateando seus votos entre os candidatos ao governo Camilo Capiberibe (PSB), Lucas Barreto (PTB) e Pedro Paulo Dias (PP). É possível que meio escondido se encontre alguns votinhos petistas para Jorge Amanajás (PSDB) e Genival Cruz (PSTU).

O município de Mazagão – que tem 11.686 eleitores – recebe amanhã uma “ruma” de políticos. Candidatos de todos os partidos, tendências, cores, que disputam vaga de deputado estadual a senador vão amanhecer naquele município para catar votos prestigiar a festa de São Tiago. O povo de lá com certeza vai saber identificar quem são os mouros e quem são os cristãos.

Ibope fará quatro pesquisas no Amapá. Serão divulgadas pela TV Amapá nos meses de agosto e setembro.

Falar nisso, o que tem vazado  de pesquisa batizada nos últimos dias não está no gibi. Mas tem gente que acredita. E como acredita.

O TRE indeferiu o pedido de registro de candidatura a deputado estadual de Jocivaldo Andrade Dias, Clodomir Falcão do Nascimento, Jorlene Lima de Jesus Modesto, Jucileide Serra de Araújo Barbosa e Nazaré Sarges da Silva. Eles  são das coligações “Amapá do Futuro” e “Amapá Merece Respeito”.

No Festival do Camarão – que começa hoje no Afuá – tem mais bandeirola de candidato do que camarão. E dizem que até nos crustáceos os políticos estão colando adesivos.

5,34% dos eleitores amapaenses são completamente analfabetos. Na outra ponta estão 2,95% que tem curso superior completo. A maioria do eleitorado amapaense (33,98%) nem chegou a terminar o primeiro grau.

O Gavião Uno – aquele helicóptero alugado pelo governo – bateu asas e arribou para o Maranhão. Motivo: há três meses o governo do Amapá não paga o aluguel da aeronave.

  • Por falar em turismo, dei uma passada na praça do côco e vi que as malocas ficaram graciosas. Que bom, né gente. Importante seria alguém da vigilância sanitária, SeBRAE ou Secretarias de Turismo levar um pouco de conhecimento para aquela gente que travalha ali. É tudo muito porco, nojento, um povinho sujo mesmo. É lixo por todo lado. Eles cortam o côco em cima da lata de lixo… não tem a mínima noção de higiene. Espero que alguém se mexa e leve um poco de progresso para esses pobres que tentam sobreviver com dificuldade e muito trabalho. Não custa nada tirar uns técnicos de dentro dos gabinetes e ensinar o mínimo para essa turma do côco. O povo com as vendas de côco, e para nós muita saúde (sem CÓLERA)!

    • é verdade!! parabéns vc foi muito bem, mas o Adm da praça já era pra ter feito isso antes de inaugurar. mas vc ta ensinando a eles

  • Palhaçadas no ar.
    Alcínéa, gostaria de saber quanto custou aos bolsos dos amapaenses este brinquedo do governo Waldez chamado Gavião Uno? Coisas de moleques que não tem respeito com o dinheiro publico, acobertados por orgãos conivêntes na fiscalização do executivo. O mesmo se dá nos circos chamados “feiras agropecuarias”, que não trazem beneficios algum ao homem do campo. Vejam o desastre do setor primario no Amapá.

  • esse eleitorado que ano tem estudo sao os que sao os que mais sao manipulados porque a ignorancia e que ganha mesmo ne fazer o que com essa pesquisa q

    • Eu ainda acho que esse percentual está baixo. Eles fazem parte da indústria do voto e é nessa fatia que os candidatos ficam de olho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *