Espíndola nos Concertos de Verão

JoseEspindola_001A Confraria Tucuju traz ao palco do projeto Concertos de Verão, na sexta-feira,4, o saxofonista amapaense José Espíndola. Nascido na localidade de Igarapé do Franquinho, arquipélago do Bailique, o músico de 60 anos é uma das mais importantes referências da música instrumental no Amapá.

José Olímpio Cordeiro Espíndola cumpriu a trajetória dos grandes músicos amapaenses. Aluno do antigo Ginásio de Macapá, o GM, integrou a Banda de Música Oscar Santos, aprendendo pelas mãos do próprio mestre na juventude. Na década de 60, juntamente com outros músicos, fundou o conjunto “Os Cometas”, sucesso nos bailes da época.

Integrou também as bandas de maior sucesso da noite amapaense como “Milionários R-5”, “Mocambos”, “Os Setentrionais” e “Banda Brind’s”.  Na década de 1980 fez parte do projeto Lembrando Elis, do SESC, espetáculo que percorreu as cidades de Belém-PA, São Luiz-MA, Fortaleza-CE, João Pessoa e Guanabara-PB e Natal-RN.

Como músico acompanhou diversos cantores amapaenses como Amadeu Cavalcante, Ronery, Zé Miguel, Grupo Pilão, Grupo Sambarte e Osmar Jr. Participou de álbuns de Marcelo Dias, Fernando Chaves, Naldo Maranhão, Osmar Jr. e banda Os Setentrionais.

Em 2003, depois de 40 anos dedicados à música instrumental, lançou seu primeiro CD, “Tua Luz”, com repertório de composições próprias e de músicas religiosas. Em 2006 lançou seu segundo CD, “Eu e Você”, com a maior parte do repertório próprio. Esse trabalho traz uma homenagem ao Mestre Oscar na música “Inesquecível Melodia”. Há cinco anos voltou a integrar a banda “Os Cometas”, que reuniu os fundadores dos anos 60.

(Márcia Corrêa, da assessoria da comunicação da Confraria Tucuju)

  • Consegui encontrar o Sr. grande amigo.
    Estivemos juntos no inicio de 2010 em Macapá após mais de 20 anos, entretanto não tivemos tempo para lembrar mais coisas, de qualquer forma foi muito bom.
    Os cometarios que li a seu respeito em seu blog, evidentemente que para mim mostram que voce naquela época do Mestre Oscar já visava o grande mestre e profissional que és.
    Abraço do amig.
    homobono
    [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *