Leitor do blog avisa:

“Na avenida General Osório,  entre Hamilton e Manuel Eldóxio, uma tubulação de esgoto entupida despeja em plena rua as águas contaminadas que ficam empoçadas nos buracos da via desprovida de asfalto e além do mais existe um prédio de pelo menos 4 andares de um importante empresário da cidade, que nunca foi concluído, cujo térreo está tomado por água que brotou do subsolo durante a sua construção.”

Lá tem fedentina e foco de dengue.

  • Prezada Alcinéia, agradeço a publicação em destaque desta mensagem, pois como seu blog é acessado por um grande público, incluindo os membros da administração pública estadual e municipal, espero que eles se sensibilizem com esta situação caótica observada neste trecho da referida avenida, pois esta seria uma das áreas beneficiadas pelas obras de ampliação do aeroporto de Macapá e que por causa do mau uso do dinheiro público permanece abandonada. Desta forma, em pleno período crítico de proliferação do mosquito da dengue, nada foi feito para minimizar os problemas observados nesta e em outras vias da cidade e o governo fala em multar a população, é uma piada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *