Manchetes de hoje

Jornal aGazeta

“Marajás” acumulam cargos e super-salários na Defensoria Pública
Dados do Portal da Transparência mostram que o defensor público geral do Estado, Ivanci Magno, acumula cargos na Sejusp, Seed e na própria Defenap que lhe rendem salários acima de R$ 25 mil, mesma situação do corregedor-geral, Lucino Del Castilo Silva, primo do governador.

Diário do Amapá

Tiroteio termina com quatro feridos no bairro Congós
Quatro pessoas foram baleadas durante um confronto armado ocorrido por volta das 22h40 de terça-feira, 29, no cruzamento a rua Claudomiro Moraes com a 7ª avenida dos Congós.

Jornal do Dia

30% das casas noturnas estão irregulares em Macapá
De acordo com um levantamento prévio dos 103 estabelecimentos cadastrados no município 33 estão funcionando de maneira irregular levando o orgão municípal a criar uma ação fiscalizadora nas boates.

  • Esse termo “marajás” me lembra o Fernando Collor de Melo. Agora, cá pra nós, é uma indecencia essa acumulação de salários.
    Po! Ladrão não é só aquele que nos leva o dinheiro na mão grande! ?Também são esses caras que levam polpudas quantias para suas contas e não dão a minima contrapartida de serviços prestados à sociedade. (…)

  • Que sacanagem!!! Acumulação de cargos é crime!!!Devem devolver o que foi recebido irregularmente ao erário público

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *