Mano Zoth

Já contei pra vocês que quando meu amado irmão Zoth vem passar uns dias em Macapá todos os dias são de festa, alegria e amor.
Zoth e seu violão enluarado são pura alegria. Minha casa fica super movimentada com a chegada dos amigos, a boa música, cerveja gelada, reencontros de velhos amigos e muitos risos.
E foi assim nestes dias que ele passou aqui. Morando em Manaus há muitos anos, onde trabalha na Petrobrás, mano Zoth chegou quarta-feira e viajou hoje à tarde.
Veja algumas fotos de sexta-feira na minha casa.
Esse encontro de amigos começou por volta das 21h e só terminou quase 7h da manhã de sábado.

  • Só faltou eu nesse sarau. Quanta saudade da minha terra e de vocês. Seria bom reencontrar com os meus eternos interpretes, Manoel Leonam e Duce Rosa, os principais responsáveis pela existência do compositor Joel Elias.

    Da próxima vez me convida Nea. Vou nem que seja a nado.

  • É sempre bom está no meio de gente de alto astral: O Zoth quando vem à Macapá traz alegria e deixa saudade.
    Abs. Matta.

  • E ainda ganhamos de presente o CD maravilhoso da Claudete. Aliás, esse encontro estava recheado de lindas vozes femininas: Claudete, Dulce Rosa e Ana Martel, fora as nossas… rsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *