No Twitter

“Chega de brincarem com a história. Alguém tem que apresentar um projeto de lei que proíba os políticos mudarem nomes de prédios históricos e logradouros públicos sem ouvir o povo. Perde-se muito da história e do patrimônio imaterial com as mudanças dos nomes de prédios e de vias públicos.”
(Márcia Corrêa, jornalista)

  • Sugiro alguns nomes para mudar o nome da Avenida FAB: Oscar Alho, Tomaz Turbano, Jacinto Pinto Aquino Rego ou Dalva Gina. Bom dia a todos.

  • Acho que certos políticos ainda não compreenderam porque estão ocupando assento na casa pública. E vamos dar sovacadas e tapinhas no braço do pessoal do CQC.

  • Concordo, acho que nossos políticos deveriam se preocuparem em fazer projetos que venham beneficiar o povo, não mudar nome de prédios tradicionais do estado, com intuito de mostrar ao povo que estão fazendo alguma coisa., Em vez disso, deveriam fazer projetos como asfaltamentos das estradas dos interiores, como cutias, Serra do Navio, e conclusão da BR-156, para amenizar o sofrimento daquele povo que sofre todos os invernos com a péssima condição que fica as estradas, fazendo com que aquele povo humilde e cheio de vida, que lhes colocaram no poder possam usufruir de uma vida mais digna.

    Deputada Sandra Huana se preocupe mais em projetos que venham beneficiar o nosso povo sofrido,não perca tempo com coisas insignificantes.

    as viagens daquelas populações se transformem em pesadelos.

  • Concordo, em gênero, número e grau. Essa inversão de valores já deu o tpitulo de cidadãop amapaense, ao jornalista Carlos Chagas, que nunca veio ao Amapá. Que continue o Palacio do Setentrião.

  • Concordo emgrau,gênero e número, Márcia. Chega de palhaçada pra encobrir a falta de projetos pertinentes e viáveis para a sociedade como um todo. Chega desse teatrinho que dá nome a logradouros mas, não reconhece os méritos e nem respeita a descendência daqueles que assentaram os alicerces do que é o Amapá no período atual.

  • Essa palhaçada dos deputados e vereadores tem que acabar. Teve um “iluminado” deputado que resolveu trocar o nome do tradicionalíssimo GM para Antônio Pontes. Um “brilhante” vereador decidiu mudar o nome da conhecídissima Av. das Nações Unidas, nome tão comum em outras cidades, para José Tupinambá, cuja maior virtude for ter simplesmente morado na referida rua. Esses políticos têm que procurar algo melhor pra fazer.

    • Por que não mudaram para Expedido da Cunha Ferro? No meu tempo de GM, este era o que mais se destacava por causa da sua simplicidade e rigor com que conduzia as aulas de educação física. Sem contar a dedicação para apresentar o melhor nos desfiles do dia 13 de setembro.
      Antônio Pontes pode ter sido um bom diretor, mas o que ficou na minha memória foi a alcunha de “Capitão Nu”.

  • Concordo com a Marcia Correa, isso virou brincadeira, temos o exemplo da Rodovia Duque de Caxias, que agora é Duca Serra, nunca ouvir falar nesse Duca Serra, temos que resgatar o nome original, um deputado ai pra fazer um projeto pra voltar a ser Rodovia Duque de Caxias.

  • Aqui nada vira tradição de verdade por causa dessas e outras questões. É preciso valorizar e evidenciar mais os locais, os eventos, as pessoas…Será que um dia lá fora alguém vai ouvir falar em alguma coisa que de cara lembre do Amapá a não ser corrupção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *