O futuro do emprego doméstico

As comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Legislação Participativa; de Seguridade Social e Família; e de Finanças e Tributação da Câmara Federal realizam hoje, quarta-feira, um seminário sobre “O futuro do emprego doméstico no Brasil”.

O seminário foi proposto pela deputada Fátima Pelaes (foto), com base em sugestão do Instituto Doméstica Legal, que incluiu três projetos de lei da campanha “Legalize sua doméstica e pague menos INSS”. Fátima Pelaes e os deputados Vicentinho (PT-SP) e Sandra Rosado (PSB-RN) vão relatar, respectivamente, os projetos 6465/09, 7156/10 e 7279/10, que estão em tramitação na Comissão de Trabalho.

O seminário tem como objetivo debater esses projetos, que visam aumentar a formalidade e erradicar o trabalho infantil e escravo no emprego doméstico brasileiro.
(Agência Câmara)

  • De pleno acordo. Para quem não sabe,é bom que se diga, que, a deputada Fátima Pelaes,iniciou suas atividades no SPF, no Serviço Nacional de Empregos, Ag. Macapá,após haver se formado em sociologia, pela Universidade Federal do Pará.Daí o seu empenho em defesa das questões sociais.

  • Concordo que toda classe de trabalhadores deve ter seus direitos respeitados. O problema é que, nos dias de hoje, com tanta bolsa distribuída pelo Governo, está mais difícil contratar alguém que queira trabalhar como doméstica ou babá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *