O futuro do PT

Por Lucia Hippolito
O Globo.com

O PT nasceu de cesariana, há 29 anos. O pai foi o movimento sindical, e a mãe, a Igreja Católica, através das Comunidades Eclesiais de Base.

Os orgulhosos padrinhos foram, primeiro, o general Golbery do Couto e Silva, que viu dar certo seu projeto de dividir a oposicão brasileira.

Da árvore frondosa do MDB nasceram o PMDB, o PDT, o PTB e o PT… Foi um dos únicos projetos bem-sucedidos do desastrado estrategista que foi o general Golbery.

Outros orgulhosos padrinhos foram os intelectuais, basicamente paulistas e cariocas, felizes de poder participar do crescimento de um partido puro, nascido na mais nobre das classes sociais, segundo eles: o proletariado.

O PT cresceu como criança mimada, manhosa, voluntariosa e birrenta. Não gostava do capitalismo, preferia o socialismo. Era revolucionário. Dizia que não queria chegar ao poder, mas denunciar os erros das elites brasileiras.

O PT lançava e elegia candidatos, mas não “dançava conforme a música”. Não fazia acordos, não participava de coalizões, não gostava de alianças. Era uma gente pura, ética, que não se misturava com picaretas.

O PT entrou na juventude como muitos outros jovens: mimado, chato e brigando com o mundo adulto.

Mas nos estados, o partido começava a ganhar prefeituras e governos, fruto de alianças, conversas e conchavos. E assim os petistas passaram a se relacionar com empresários, empreiteiros, banqueiros.

Tudo muito chique, conforme o figurino.

E em 2002 o PT ingressou finalmente na maioridade. Ganhou a presidencia da República. Para isso, teve que se livrar de antigos companheiros, amizades problemáticas. Teve que abrir mão de convicções, amigos de fé, irmãos camaradas.

A primeira desilusão se deu entre intelectuais. Gente da mais alta estirpe, como Francisco de Oliveira, Leandro Konder e Carlos Nelson Coutinho se afastou do partido, seguida de um grupo liderado por Plinio de Arruda Sampaio Junior.

Em seguida, foi a vez da esquerda. A expulsão de Heloisa Helena em 2004 levou junto Luciana Genro e Chico Alencar, entre outros, que fundaram o PSOL.

Os militantes ligados a Igreja Católica também começaram a se afastar, primeiro aqueles ligados ao deputado Chico Alencar, em seguida Frei Betto.

E agora, bem mais recentemente, o senador Flavio Arns, de fortíssimas ligações familiares com a Igreja Católica.

Os ambientalistas, por sua vez, começam a se retirar a partir do desligamento da senadora Marina Silva do partido.

Afinal, quem do grupo fundador ficará no PT? Os sindicalistas.

Por isso é que se diz que o PT está cada vez mais parecido com o velho PTB de antes de 64.

Controlado pelos pelegos, todos aboletados nos ministérios, nas diretorias e nos conselhos das estatais, sempre nas proximidades do presidente da República.

Recebendo polpudos salários, mantendo relações delicadas com o empresariado. Cavando beneficios para os seus.
Aliando-se ao coronelismo mais arcaico, o novo PT não vai desaparecer, porque está fortemente enraizado na administração pública dos estados e municípios. Alem do governo federal, naturalmente.

É o triunfo da pelegada.

  • Cá pra nós,é muitissímo patético ler a LH escrever: “É o triunfo da pelegada”!..Quem é ela?..quem é ela?…

  • Nossa que linha do tempo mais distorcida….
    não entendo porque o PT desperta tanta raiva, em pessoas metida a intelectuais.
    Mias vamoa q vamo pq sempre fomos atacados e sempre seremos. sabe pq? pq nosso lado eo lado do povo.

  • Essa colunista não tem moral para falar mal do PT ou de outro partido de esquerda. Entrem no site do Paulo Henrique Amorim, o Conversa Afiada, a procurem saber quem é ela.

    • Sr. Miguel, achas mesmo que Paulo Henrique Amorim é credenciado para estar tecendo considerações sobre a biografia de alguem? O Sr. sabe quantos anos a Sra. Lucia Hipólito Passou em bancos escolares para obter suas qualificações? Pense bem, a última biografia feita pelo PHA foi a do “Bispo” Macêdo. Pense bem!

      • kra estudo não quer dizer carater! veja HITLE E MUITOS OUTROS.VC ESTUDAR PARA CONHECER E NÃO PARASER O DONO DA VERDADE!

        • Ok, “Zeca do PT”. Valeu pelo brilhantismo da tua comparação. Só não faça mais tanto esforço. Mas não é nada original um “Zeca do PT” desqualificar quem rala e estuda com um argumento dessa “estirpe”. Hipólito é um Hitler? Eu poderia afirmar também que estupidez não significa caráter: veja Lula e muitos outros! Santa paciência, Kra! E mais: “Lado do povo”? Tu ainda acreditas nisso? Achas que tem gente suficientemente estupida aqui para acreditar nisso? Pode-se ter raiva de cérebro, mas é importante, no mínimo, respeitá-lo, Ok, Kra?

    • Sr. Miguel, só pra terminar a conversa, pois um “piolho” entrou na história, e eu fiquei com preguiça.

      “Se o Ministério Público Eleitoral quer mesmo mexer com algo relevante, por que não se ocupa de blogs financiados por estatais, por intermédio de propaganda, que nada mais são do que panfletos eleitorais? Isso, sim, é grave. Trata-se de dinheiro público posto a serviço de uma candidatura.”

      Olhe na parte de cima do site PHA, avalista de biografias, quem tem conta de publicidade, e pense se há republicanismo possível ali. Boa noite! Encerro.

      • Ah, desculpem-me. Citei o Reinaldo Azevedo, da Veja. Todos da “‘porca direita deste país”, não é assim? Ok.

  • 17/06/2010-06h11

    DEU NA UOL:

    CÂMARA RECOMENDA NORMAS PARA EVITAR CONSTRANGIMENTO DE PARLAMENTARES POR JORNALISTAS

    por NANCY DUTRA, de BRASÍLIA

    “A QUESTÃO NÃO É PROIBIR A EQUIPE DO “CQC” DE FAZER AS MATÉRIAS, MAS A FALTA DE LEITURA DOS PARLAMENTARES É GRITANTE. ELES SÃO BURROS MESMO. O TAS E SUA TURMA ESTÃO CERTOS. CQC 10 X 0 PARLAMENTARES IBECIS.” (Tico Bauhaus).

    O presidente interino da Câmara, Marco Maia (PT-RS), recomendou à assessoria jurídica da Casa que defina normas para evitar o constrangimento de parlamentares por parte de jornalistas.
    Maia manifestou solidariedade ao deputado Nelson Trad (PMDB-MS), que agrediu uma equipe do humorístico “CQC”, da Band.
    Ao ser abordado por equipe do programa, na semana passada, Trad se exaltou após saber que subscrevera um abaixo-assinado para incluir um litro de cachaça no Bolsa Família.
    Uma contratada do “CQC” coletou assinaturas de apoio a uma proposta fictícia de emenda à Constituição.
    Na confusão, um cinegrafista teve parte do equipamento danificado. A repórter Monica Iozzi chegou a ser empurrada. As imagens foram ao ar na segunda-feira.
    “Ao não querer falar, o deputado é constrangido pelos veículos de comunicação. Há excesso por parte de alguns jornalistas. Temos de tomar algumas medidas institucionais”, disse o presidente interino da Câmara.
    Segundo Marco Maia, as ações devem preservar a liberdade de imprensa, mas assegurar o direito dos deputados de não autorizarem o uso de imagens pelos programas de humor.
    A assessoria de imprensa da Câmara afirmou que sempre liberou a entrada de programas como “CQC”, “Pânico na TV” (RedeTV) e “Legendários” (Record), mas que é necessário “mais diálogo” com essas equipes sobre as formas de abordagem dos deputados.
    Em discurso no plenário, Nelson Trad reclamou da conduta do “CQC”. “Não tem necessidade de eu pedir desculpas aos meus companheiros, porque eu reagi legitimamente em defesa da minha dignidade. Não defendo só a mim, mas a própria instituição a que pertenço há mais de 30 anos”, afirmou.
    Ele recebeu o apoio do colega José Genoino (PT-SP). “Também tenho passado por essas situações. Conto até 10 para não falar. E passo reto. A coisa está chegando a um ataque individual”, disse.
    Em suas páginas no Twitter, apresentadores do programa criticaram a decisão de Maia. “A Câmara quer proibir o CQC de ‘constranger’ os deputados. Pelo jeito, não querem concorrência”, disse Rafinha Bastos. Para Marcelo Tas, o “CQC mostrou como ninguém lê o que assina no Congresso”.

    P.S.: Leia e divulgue sem pena!!!

  • SOBRE O CRACK QUE DEVASTA MACAPÁ!

    Leia no site da Acilene Cavalcante “Repiquete no Meio do Mundo”.

    A situação é triste!

  • AINDA DOS “LIMPEZAS” DO AMAPÁ!

    Perguntem para esses políticos processado se alguma vez fizeram visitas ao MONTE TABOR?

    Detalhe: 3 dos processados são figuras da política amapaense. 1. Uma foi governadora; 2. Outro é MÉDICO e outro é SENADOR, ligado diretamente ao pressidente do senado Federal, JOSÉ SARNEY (PMDB-AP).

    O que eles tem feito pelo MONTE TABOR? Oproblema das DROGAS em todo o país é um caso de SAÚDE PÚBLICA. E o Amapá está sendo devastado nas periferias pelo CRACK.

    Anotem aí (não sou profeta), em breve, se nada for feito URGENTEMENTE para conter as DROGAS em Macapá, a cidade “JÓIA DA AMAZÔNIA” se transformará na CRACOLÂNDIA DO CABO NORTE.

    Pense nisso!

  • FICHA LIMPA JÁ!

    Postado no site do jornalista Corrêa Neto “GELÉIA GERAL”.

    Saibam que são os “LIMPEZAS DO AMAPÁ”. Tem mais escondido nos esgotos de Macapá.

    Fiquem atentos quando encontrares com eles pelas ruas e avenidas desse Amapá varonil.

    14-junho-2010

    PARLAMENTARES PROCESSADOS NO STF

    AÇÕES PENAIS

    DEPUTADA FEDERAL
    Dalva Figueiredo (PT-AP)
    Ação Penal 491 Prevaricação e falsidade ideológica
    Data de autuação: 07/07/2008

    Sebastião Bala Rocha (PDT-AP)
    Ação Penal 508 Corrupção passiva, prevaricação e crimes da Lei de Licitações
    Data de autuação: 21/10/2008

    INQUÉRITOS
    DEPUTADOS FEDERAIS
    Dalva Figueiredo (PT-AP)
    Inquérito 2838 Peculato e crime contra a administração em geral
    Data de autuação: 07/08/2009
    Inquérito 2671 Peculato e crime contra a administração em geral
    Data de autuação: 07/01/2008

    Jurandil Juarez (PMDB-AP)
    Inquérito 2709 Crime contra a Lei de Licitações
    29/04/2008

    Sebastião Bala Rocha (PDT-AP)
    Inquérito 2709 Crimes da Lei de Licitações
    Data de autuação: 29/04/2008

    SENADOR
    Gilvam Borges (PMDB-AP)
    Inquérito 2779 Injúria e difamação
    Data de autuação: 10/12/2008
    (Do site congressoemfoco)

    Leia e divulgue esses “SANTOS-DO-PAU-OCO”.

  • O PT NADA MAIS MAIS É QUE UMA QUADRILHA DE MULAMBOS MAL INTENCIONADOS QUE NUNCA TINHA COMIDO MELADO E PASSOU OITO ANOS SE LAMBUZANDO. JÁ VÃO TARDE CAMBADA DE VAGABUNDOS!!!

    • MENINO, TU PRECISA CRESCER, FALAR É FÁCIL, QUERO VER VC E OS ANTEPETISTAS PROVAREM EM NÚMEROS, CIÊNCIAS EXATAS, QUEM FOI O MELHOR GOVERNO PARA O BRASIL, VCS VÃO TER QUE ENGOLI, ENGOLI E ENGOLI, VC E ESSA BLOGUEIRA PELEGA QUE DEFENDE OS INTERESSES DO REPRESENTANTE BURQUÊS DO AMAPÁ E SECRETO EM ATO NO SENADO. KKKKK!!!!

      • E a lingua portuguesa continua sendo “açacinada”… e viva a falta de escolaridade de nossas lideranças (Lulalá)

  • Lúcia Hipólito??????????? Ecaaaaaaa!!!! Agora só falta a musa maior dos “demotucanos” Míriam Leitão…
    Paciência.

  • Não sou partidário do PT mas…por que será que essa tal de Lucia Hipólito nunca escreve de forma depreciada dos partidos DEMOTUCANOS. Gostaria de saber para quem será essa tal figura trabalha? O que a leva escrever dessa maneira tão cancerígena em relação ao PT? Será que tudo nesse partido não presta? Ou é essa elite do qual Hipolito faz parte é que não vale um vintém? gostaria de saber.. gostaria de saber.

    • pelo contrário, ela diz no texto que o PT de antes sim, era convicto no que pregava porém o PT de Hoje, nem se precisa entrar em detalhes, vice Temer? abençoado por Sarney? precisa de mais comentários?

    • Resumiu o que significa o PT de hoje, agora é só esperar os PTistas descerem a lenha no blog(Alcinéa) e na autora do texto(Lúcia Hipólito) alegando que as mesmas estão promovendo uma campanha contra um partido que procura dar voz ao povo

    • Fácil: ela não fala dos DEMOTUCANOS porque é parte da “grande mídia conservadora, reacionária, golpista, de direita e financiada pela elite branca e de olhos azuis”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *