Parceria na área da saúde entre GEA e PMM

Na manhã desta sexta-feira, 11, o Secretário Municipal de Saúde, Anderson Walter, acompanhado do senador Randolfe Rodrigues, fez sua primeira visita ao secretário estadual de Saúde, Lineu Facundes. O encontro teve como foco a busca por informações sobre os recursos de emenda parlamentar do senador, destinados ao Amapá, já disponibilizados nas contas do Estado, e também o início de um diálogo conjunto sobre os problemas no Sistema de Saúde.

A emenda parlamentar do gabinete do senador Randolfe Rodrigues (PSol/AP) é no valor aproximado de R$ 4 milhões para o Estado do Amapá. Desse total, quase R$ 1 milhão é destinado a Macapá, para compra de equipamentos e reforma das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

“Fiz questão de destinar 50% das minhas emendas para a saúde pública em 2012. Esse recurso vai ser de grande importância para melhorar o atendimento nas Unidades de Saúde de Macapá. O recurso chega em boa hora, já que o secretário Anderson nos informou que a situação é de grande preocupação no Sistema Municipal de Saúda da capital”, disse o senador.

Segundo informou o secretário estadual de Saúde, Lineu Facundes, o processo para compra dos equipamentos encontra-se em fase de análise técnica no Ministério da Saúde (MS).

“Houve uma morosidade da administração passada na resposta das diligencias enviadas pelo MS. A partir de agora, daremos continuidade ao processo, com a máxima urgência assim que o Ministério enviar o parecer favorável. É lamentável a situação que se encontra a saúde de Macapá, que agora avançava em direção a melhorias. Porém, nos últimos quatro anos houve um retrocesso e agora o novo gestor terá de correr atrás do que já havia sido feito para reestruturar a rede de saúde municipal”, enfatizou Lineu Facundes.

O recurso vai beneficiar com equipamentos as UBSs do Congós, Lélio Silva e Marcelo Cândia. Com relação à reforma das UBSs, o secretário municipal tem conhecimento que o recurso será destinado do Fundo Nacional de Saúde direto para o Fundo Municipal. Assim que o recurso for liberado os trabalhos burocráticos referentes a este processo serão iniciados.

Dentre outros assuntos que receberam atenção especial dos gestores da saúde está a dengue e a reestruturação da rede básica, que se encontra em situação de abandono, em decorrência da má administração da gestão passada. A preocupação está na chegada do período chuvoso, propício a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que levará pessoas a adoecer.

A circulação de um novo sorotipo do vírus, o DEN 4, coloca as autoridades municipais em alerta, pois as pessoas terão necessidade de buscar atendimento nas unidades de saúde da capital, que estão em estado precário. A equipe técnica da Semsa está bastante preocupada e vem traçando estratégias para mudar esta realidade.

(Asscom Prefeitura Municipal de Macapá)

  • Decisão brilhante Sr. Randolfe,torço p/que tais recusrsos sejam deverás aplicado corretamenta,para àrea à qual se destina.A preocupação com a dengue é serrissímo e tais medidas de prevenção já deveria estar em atividade,pois ainda não se viu um único fiscal de endemias em ação e em determinados bairros o lixo continua a fazer parte da “paisagem”.Se o governador quer realmente fazer parceria e ajudar o prefeito,tá na hs de fazê-la,pois “o tempo urge e a SapECAI é grande”. Falar em Sapucai,bem que Camilo deveria ter usado em prol da saúde/saneamento, o dinheiro (público) que deu graciosamente p/o desfile das escolas,as quais não trazem lucro algum p/nós contribuintes, que pagamos impostos caros D+.Neste blog,li uma matéria e muitos comentários que parabeniza Camilo por não ter dado dinheiro p/os blocos,uma vez que estes além de não ter público p/assistir(maioria estão nos desfiles dos blocos),ainda não dão lucro.Pois é,ninguém aqui me respondeu quais os “lucros” que as escolas dão.Disseram tb que os abadás são vendidos,dai tb perguntei se as fantasias das escolas são “digrátis”.Observando que os “abadás” podem ser usados depois p/se fazer academia e/ou caminhadas,enquanto que as fantasias usadas nas escolas,nem p/se máscarar de politico(rsrs).Me desculpe o Sr. Camilo e quem comentou favorável a esta decisão que a meu ver, foi equivocada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *