Randolfe confirma candidatura à presidência do Senado

Em entrevista coletiva agora há pouco em Brasília, Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) confirmou que é candidato a presidente do Senado.
Sua candidatura visa debater o papel do Senado, chamando para o resgate da ética e mostrando que aquela Casa não pode e não deve viver de joelhos diante do Executivo, mas se postar de pé diante dele.

Os grandes veículos da imprensa nacional participaram da coletiva. Pincei, na Internet, a matéria da Folha. Leia:

“Toda unanimidade é burra”, diz senador do PSOL contra Sarney
O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) afirmou nesta segunda-feira (31) que será candidato na disputa pela presidência do Senado para “apresentar uma alternativa” à candidatura à reeleição do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP).
“Toda unanimidade é burra, já dizia Nelson Rodrigues. [A candidatura única de Sarney] não é bom para a democracia brasileira”, afirmou o senador.
Aos 38 anos, Randolfe é o mais jovem senador eleito do país, e o mais votado nas eleições de 2010 no Amapá, com 203.259 votos.
Randolfe afirmou que suas propostas como candidato à presidência incluem maior transparência às contas do Senado e maior autonomia em relação ao Executivo.
“O Senado precisa de um pacote de mudanças éticas. Precisamos fazer uma autocrítica desses últimos anos”, disse.
O senador contou ter conversado com parlamentares da casa, como Pedro Simon (PMDB-RS), Cristovam Buarque (PDT-DF) e Eduardo Suplicy (PT-SP), em busca de apoio.
Além de Randolfe, o PSOL elegeu a senadora Marinor Brito (PA), que também defendeu uma alternativa ao nome de Sarney.
“Não é possível votar em hipótese alguma na candidatura da base governista, que tem tido uma postura de subserviência [ao Executivo] no Congresso Nacional”, afirmou a parlamentar eleita.

SARNEY
Em campanha, o presidente do Senado, José Sarney reafirmou que aceitou disputar a reeleição porque não teve “outra solução”, uma vez que seu nome é de consenso na Casa.
“Há unidade do partido e o consenso da Casa também nesse sentido. Só me restava aceitar e prestar mais esse serviço ao Senado e ao país.”
Sobre o PSOL lançar uma candidatura alternativa, Sarney disse estar tranquilo. “É um direito que têm os partidos e nós não podemos interferir na vontade dos partidos.”
O peemedebista admitiu que seria oficialmente candidato somente na semana passada, depois de negar por mais de três meses que fosse disputar a reeleição. Nos bastidores, porém, o PMDB já negociava apoio ao seu nome e conseguiu construir unidade em torno do candidato, inclusive com a oposição.
A disputa pelo comando do Senado ocorre nesta terça-feira, depois que os novos senadores forem empossados nos cargos.

  • Parabéns pelo seu falar no congresso sobre as manifestações nas ruas ,Nos jovens e todo povo queremos sim os corruptos na cadeia.A presidente quer trazer medics de fora principalmente os de Cuba, é trazer ditadura no Brasil Senador Rodolfe deus Abençoe Iluminando sua Vida.

  • Parabéns pelo seu falar hoje no Senado ,sobre as manifestações nas ruas.Não só os jovens mas todos nos Queremos um Pais sem corrupção,Os corruptos é que são os Bandá-los acabando com o Pais.Porque a Presidente quer medics de fora principalmente de Cuba para traser comunista. Senador Rodolfo Deus Abençoe Ilumine sua Vida.

  • CORAJOSO E DESTEMIDO ESSE RANDOLF…
    PENA QUE O GADO FOI BEM MARCADO PELO SARNEY…
    mas ele não dura pra sempre…

  • Parabéns Randolfe, isso significa mudança, nao precisamos abaixar a cabeça mesmo que saibamos o fim dessa eleiçao. Deveriam mudar a constituiçao para eleger o Presidente do Senado. Só poderia ser um senador em exercicio, nao um ex senador, independente dos anos que exerceu o cargo. Assim o Sarney ficará fora por muitos anos, pois aqui no Amapá nao se elege mais. Pois nenhum outro lugar, nem o MAranhao o quer lá. É uma opçao!

  • Eu gostaria que não estivesse escrito nas estrelas, mas, o presidente já é o Sirney. Essa escolha do senador Randolfe para concorrer à presidência partiu do deputado Ivan Valente, membro da executiva do PSOL. O nosso senador entrou para mostrar pra mim de que o povo amapaense não tolera mais o Sir Ney. Já chega. Eu vou sentar em minha rede e dormir. Quero dormir sentado mesmo, quem vai pagar essa pouca vergonha é a minha coluna. Me lembrou o camarada Prestes agora, durma em paz que a gente continua sofrendo por aqui.

  • Muito bom!
    Não quero desanimar ninguem com meu comentario, sou bem realista.
    Missão Impossivel 05(cinco). Queria muito estar errado muito mesmo, esperança é a ultima que morre.

  • Atitude corajosa, que servirá para estimular maior participação de outras lideranças na formulação de uma pauta política mais sintonizada com as demanadas da sociedade. A mediocridade das últimas legislaturas senatoriais é vergonhosa. Exceto pelos escândalos sucessivos, as reuniões e deliberações do senado tem tido o mesmo impacto para o país que as da ABL, por exemplo,ou seja nenhum. Parabens Randolfe.
    Abs
    Alcione

  • Olhando na letra fria da representatividade, o Amapá vai ter a Presidência do Senado. Infelizmente, ficará com quem não respeita o povo tucuju, mas Fé no que virá!

    • Realmente brilha bem mais que o poste corrupto que os Capiberibes elegeram como prefeito de Macapá certa vez!
      Só quem não conhece Randolfe Rodrigues pode fazer um comentário tão ridículo e descabido quanto este.

  • Parabenizo ele por sua ação. Mas, irá pagar um preço muito alto por isso. Ele será esmagado como uma barata.

  • TENHO ORGULHO DE TER VOTADO NO RANDOLFE,TENHO CERTEZA Q ELE IRÁ LEVAR O NOME DO NOSSO ESTADO E TIRA ESSA MÁ IMPRESSÃO,POIS AGORA TEREMOS UM SENADOR DE VERDADE,INTELIGENTE ,HONESTO E COMPROMETIDO COM O ESTADO,POR ISSO VOTEI 2 VEZES NELE,PENA Q O OUTRO FOI ANULADO…

  • É agora o jogo está ficando interessante de um lado temos um senador genuinamente amapaense (Randolfe Rodrigues) do outro lado um quarto senador maranhense. Fica a pergunta em quem o Gilvam Borges vai votar?

  • A questão principal é que o Senador Randolfe tem recursos dialético, cultural e político para sustentar o seu discurso e pretensão, além da vivência política. Ao contrário de muitos que estão lá, que transformam o Congresso Nacional num grande balcão onde negociam os seus interesses particulares e, normalmente, mal sabem falar e pensam somente em roubar!

  • Bravo Randolfe!!! Tão boa quanto a sua eleição foi esta decisão de concorrer.O PSOL já começa o ano pautando quem é quem no senado.O “Sinhozinho Malta do amapá” deve estar se mordendo de raiva,ehehehehehe.E,melhor de tudo,o povo brasileiro saberá em quem poderá confiar no futuro.Parabens!!!!Mas vá com calma,cuidado com os “amigos” de ultima hora,brasilia tambem é um paraiso mas,ao contrario do Eden que só tinha uma,aí, o que não falta é cobra.

  • Parabéns Senador Rodolfo Rodrigues. Gostaria muito que a nossa Assembléia Legislativa tabém elegesse o Presidente e não fosse através de mais um acordão. Pois esses acordos de última hora é muito prejudicial a nossa Democracia.

  • A candidatura de RANFOLFE à presidência do senado da república tem muita importância política no cenário nacional. É o momento de se debater o verdadeiro papel daquela casa de leis e as alternativas para se construir um país aonde todos possam ter oportunidades iguais. Discutir o Brasil é questionar as oligarquias que até hoje dominam o país e que são responsáveis pelo atraso político e social em que vivemos. Randolfe sabe o que é ser minoria, mas sabe de destacar pela sua experiência e conhecimento da realidade brasileira. Era minoria na Assembléia do Amapá quando aprovou a licença materndade de 4 para 6 meses e foi, também, o relator da reforma da constituição do Amapá. Deu um baile naquela casa.

    Derrotando caciques de peso da política local, tem uma nova missão e uma grande tarefa em Brasília. Randolfe não teme desafios e a prova disso é sua candidatura à presidência do senado federal. Sarney e seus áulicos que se cuidem, o garoto tem o dom de tirar leite de pedra e dará muito trabalho aos “velhos de Brasília”.

    Parabéns Randolfe, sorte e muitas lutas em Brasília. FÉ NA VIDA, FÉ NO QUE VIRÁ!

    AGORA SÃO OUTROS 500!

    • Se o Randolfe fizer um bom mandato (que é o que todos desejam) quem sabe ele possa até concorrer um dia à Presidência?
      Se este for um sonho dele o fará, pois ele há de ser uma grande liderança do PSOL nacional.

    • Cuidado, não confunde nem idealiza muito!

      O argumento dos “Atos Secretos”, que baseiam a estratégia do Senador Randolfe contra Sarney, são fracos e contestáveis.

      Dentre os áulicos de Sarney tem um problema pra Randolfe, já que apoiou Lucas e coordenou a campanha no 2° turno, saiu no jornal O GLOBO.

      “Estou na coordenação da campanha de Lucas porque acredito nele e no seu projeto”, dizia Randolfe nos programas.

      Randolfe, ignorou as orientações do PSOL e aderiu ao Lucas Barreto.

      Lucas foi apoiado por Sarney e ainda teve cargo por meio dos atos secretos, admitiu publicamente no debate da tv.

      segue o link pra quem quiser ler na integralidade.

      Informação de domínio público.

      http://oglobo.globo.com/pais/eleicoes2010/mat/2010/10/31/senador-eleito-pelo-psol-coordena-campanha-de-aliado-de-sarney-no-amapa-922913942.asp

      Votei no Randolfe, acredito que será um trabalhador em prol do Amapá, mas político é um bicho falso pra alcançar metas.

        • No fundo honestidade é mérito de Gente, político é outra espécie. Kkk.
          Amigo, não sou Capista nem Goésista, sou povo.

          Não acredito mais em “partido” nenhum, acredito em ações isoladas. Se o povo ganha eu tô feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *