Tribunal de Contas do Amapá lança concurso público

O Tribunal de Contas do Estado do Amapá (TCE-AP), após 20 anos sem realizar concurso público, lança edital ofertando 40 vagas para nível médio e superior. O edital já está disponível no site do TCE/AP (www.tce.ap.gov.br).

Para o nível superior, cargo de Analista de Controle Externo serão ofertadas 30 vagas nas áreas: Jurídica, Contábil, Administrativa, Econômica, Meio Ambiente, Tecnologia da Informação e de Engenharia. A remuneração inicial para nível superior é de R$ 4.462,16. Para nível médio, são 10 vagas para o cargo de Técnico em Controle Externo, cuja remuneração inicial é de 3.429,22.

Para concorrer, os interessados deverão se inscrever no período das 10h do dia 21 de novembro até às 14h do dia 16 de dezembro, no site www.concursosfcc.com.br. A taxa de inscrição é de R$ 100,00 para nível médio e R$ 130,00 reais para nível superior.

(Ascom-TCE)

    • Pois é Sr. Feio,

      com o “paraense” que ostenta no sobrenome (?), deve conhecer esta informação que aumenta estupefação:

      TCE Pará
      Cargo: Auditor
      Vagas: 4 vagas, sendo 3 de ampla concorrência e 1 para portador de deficiência.
      Remuneração: R$ 21.705,86 mais vale alimentação no valor de R$ 850,00.
      Escolaridade: Possuir diploma de nível superior, reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC, de um dos seguintes ramos do conhecimento: Direito, Ciências Contábeis, Economia, Finanças ou de Administração.

      Inscrições: À partir do dia 16 de Novembro de 2011.

      Taxa de Inscrição: R$ 68,00.

  • Deveria ter para conselheiro tambem, assim quando roubasse perdia o emprego e nao ficaria na condicao do Julio Miranda ganhando e sem trabalhar?????

  • A-L-E-L-U-I-A ! Porém acho o número de vagas deveras pequeno para um órgão que nunca realizou concurso na sua história. Mas se querem moralizar mesmo aquela instituição, sugiro transformar as dezenas de cargos comissionados em vagas de cargos efetivos e ofertá-las em concurso público.

  • Tomara chamem os aprovados p/preencherem todas as vagas(40) ofertadas,pq já virou moda oferecerem X no.s de vagas e só chamarem os 05 primeiros classificados,ficando o resto de fora.Após o periodo de 02 anos quando expira a validade do concurso,eles lançam novo edital oferecendo as vagas restante.Acho um absurdo essa máquina de ganhar dinheiro.Deveria ter uma lei que só poderia lançar novo edital,após o preenchimento de todas as vagas ofertadas no concurso anterior.

    • Em decisão recente o STF determinou que os órgãos públicos devem preencher todas as vagas ofertadas em edital imediatamente após à apuração dos candidatos aprovados. Acabou essa de usar o “conta gôta” na chamada dos aprovados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *