Vila Nova – as vítimas

Do blog do Diniz Sena

Os nomes das 3 vítimas que já foram reconhecidas:
LEUDIVAN CESÁRIO BENTO
JOSÉ CARLOS OLIVEIRA BALTAZAR
PAULO CÉSAR SOUZA OLIVEIRA

Ainda estão desaparecidos
MIGUEL FERREIRA
E o motorista do caminhão que estava em cima da balsa.

  • MATARAM O MEU IRMAO,FALTA DE RESPONSABILIDADES E RESPEITO AO SER HUMANO,QUE DEUS DER O CONFORTO PRA ME E MINHA FAMÍLIA QUE SOFRER MUITO NESTE MOMENTE
    QUE DEUS FAÇA JUSTIÇA E AOS CULPADOS O MERECIDO

  • Por Falar em vitima, o meu irmão acabou de ser vitima do descaso na saúde pública. Ele foi hoje ás 18:00 ao Pronto Socorro sentindo fortes dores abdominais e estava aguardando atendimento para bater um Raio X e ficou das 18:00h ás 22:00h em pé sentindo dores. Deu 22:00 e o médico plantonista de nome Charles ainda não havia aparecido tivemos que levá-lo para Hospital São Camilo, pois ele já não aguenteva mais tanta dor. Sem falar que até agora lá tem uma senhora que está aguardando atendimento desde meio dia.Isso é uma tremenda canalhice, quando for amanhã ou depois o médico vai ser receber pelo plantão sem trabalhar…

  • Lamento pela tragédia e vou rezar pelas vítimas e suas famílias. Só não entendo por que a pressa já que é uma obra com rescursos federais, ou seja, nem Waldez e nenhum outro político daqui é o “pai da criança”. Se existe interesse e só pra se aproveitar da ocasião, afinal é ano político. Pobre Amapá. Que Deus abençoe esses trabalhadores com suas famílias.

  • Companheiros, o momento não é para se expressar paixões e nem fanatismos. O momento é de nos solidarizarmos com a família dos infelizes trabalhadores que tiveram suas vidas ceifadas quando ganhavam, com o suor do rosto, o pão de cada dia para si e para seus familiares. Morreram no trabalho, mas com a dignidade de sustentar a própria família. Como já disse antes, os acidentes não acontecem. Eles são provocados. A Superintendência do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho, que são órgãos sérios, com certeza vão investigar o acidente e apontar o que realmente houve, responsabilizando culpados. Resta, então, pedir a Deus que receba os trabalhadores falecidos na glória de seu reino e dê conformação ao familiares que estão sofrendo.

    • Gostaria de louvar o posicionamento sensato e equilibrado dos doutores Adelmo Caxias e Joaquim Herbert. Está claro que não houve desabamento da ponte, mas sim das vigas que estavam sendo colocadas, numa situação em que, a meu ver, está claro que foi um acidente de trabalho. Portanto, nossa prioridade nesta hora deveria ser a de solidarizar-se com a família e orar pelos mortos. As conclusõe deverão ficar a cargo dos órgãos de fiscalização de engenharia e do trabalho. Minhas condolências aos sofridos familiares desses trabalhadores.

  • É evidente que havia uma pressa desmedida, além de uma pressão velada para que essa obra da ponte sobre o Rio Vila Nova fosse logo concluída para que o sr. governador pudesse sair do mandado e fizesse uma inauguração preliminar. O que me admira muito é que a firma C.R. ALMEIDA possui longa tradição e experiência na construção de pontes sobre rios, no Brasil e em outros países, e inclusive, de maior extensão e complexidade.

    Vidas foram ceifadas e esmagadas e nada poderá trazê-las de volta. É claro que há culpados e, sinceramente, não acredito que as boas intençõs do governo em investigar dê em alguma coisa. Ao contrário, tudo se fará para colocar a culpa nas “vigas de sustentação e nos guindastes”, eles serão os grandes culpados do sinistro.

    Resta aos órgãos mais independentes e imbuídos de seriedade procederam a uma avaliação/perícia mais minuciosa e rigorosa sobre o andamento e fiscalização dessa obra que demorou tanto para sair e quando tá para ser concluída acontece uma tragédia dessas.

    Perguntas têm de ser feitas e respondidas:

    a)Houve negligência da firma C.R. ALMEIDA no acompanhamento da obra, com uma pressa maior e indevida no seu cronograma de execução?

    b)Quem estava fiscalizando essa obra? Havia o acompanhamento do Ministério do Trabalho?

    c) Havia pressa demais na sua execução para poder agradar gestor em fim de mandado e que tem interesse na sua inauguração eleitoreira?

    d) Quem são os órgaõs fiscalizadores que poderão investigar e emitir parecer sobre esse sinistro?

    e)havendo responsáveis pelas mortes de trabalhadores, que serão penalizados penalmente? a firma executora da obra ou seus donos/responsáveis?

    f)a quem cabe monitorar e acompanhar se a firma está dando todo apoio e proteção aos familiares desses trabalhadores?

    g) tal fato grave não motivaria tornar tal empresa inabilitada e inidônea para assumir obras de maior envergadura no Estado?

    h) quais são as explicações da C.R. ALMEDIA para a tragédia?

    • Antes de tudo meus pêsames aos falimiliares. Vasconcelo, parece-me que estava chovendo no momento do acidente, é possível que a chuva tenha sido o motivo desecadeante desse acidente? Quem sabe um deslizamento dos máquinários, não era de bom senso que as obras fossem paralisadas até que a chuva cessasse? No final a pressa prevaleceu, não é?

  • A exploração política de uma tragédia humana é tão repugnante que só os insensíveis podem assim fazer. Mas como essa turma de derrotados vê tudo como culpa do Waldez, não me surpreende que ela queira “faturar”em cima das lágrimas alheias. Enquanto a alma dessa gente for pequena, dores e sofrimento nada valerão, senão para servir aos próprios fins. Que pena!

  • Waldez queria pré-inaugurar no próximo dia 27, e colocou os trabalhadores para que aprontasse até sábado, para que ele pudesse sair do Desgóesverno mostrando o que ele não fez em sete anos.

  • Exploração política de tragédia é coisa ridícula!
    Desde ônibus espaciais, até panelas com água fervendo, mesmo que se adotem todas as medidas de segurança, acidentes podem ocorrer.
    No caso em debate, o importante, primeiramente, é dar todo o auxílio necessário às famílias das vítimas fatais e às vítimas sobreviventes, confortando-as material (financeiramente), psicológica e espiritualmente.
    Imediatamente, há que se dar início à investigação das causas dessa tragédia. Havendo culpados, que sejam punidos na forma da lei.
    Nesse sentido, a participação da sociedade se mostra imprescindível, seja através de sindicatos, da OAB, do CREA etc.
    Tentar tirar proveito político de uma tragédia é ridículo, devendo ser repudiado pela sociedade.
    É a minha opinião!

  • Praxedes, não so Lobato mas vários outros jabazeiros de alto quilate vao encontrar um jeitinho de bradar que o culpado é o CAPI.

  • Meu deus quanta desgraça cadê aquela comitiva que fizeram uma farra no inicio do ano com uma visita ao canteiro de obras da ponte só em picanha foi uma grana, olhem eles querem inaugurar esta ponte antes da eleições e não vão respeitar o período de maturação da obra, tirando essa raça ruím, fica aqui o registro de nossa profunda triteza junto as familias dos trabalhadores que estavam ajundando o desenvolvimento daquele povo para com a região de verdade de dia e noite sol e chuva

    • Praxedes, será que tú só pensa no capi? sabe o q tú faz ? dá pra ele se é q tú ainda não desse, o capí não é mais o dono do mundo , te manca e aprtende a escrever coisa útil.

  • Como disse ae o “Tico Bauhaus: A PRESSA É INIMIGA DA PERFEIÇÃO!” Na ânsia de mostrar a ùnica obra em 7 anos de desgóesverno a pressa foi a inimiga dos trabalhadores que estavam no local. Juiz Marconi, é certo que acidentes acontecem, mas nesse caso não deveriam, se o Governo não tivesse pressa em aparecer na midia Jabazeira e fazer campanha política ao senado. MPE, OAB, e outros nada disso vai adiantar, o Hospital do Cancer, virou Hospital metropolitano ( Metrópoles???)o aeroporto tá desabar. A PF ( policia mais conceituada e competente)foi chamada de mentirosa no caso dos 200tinhos e por final o TJE julgou o cidadão “limpeza geral”. Ae com diz o Ademir o que tem haver o cós com as Calças? eu digo: Os únicos que vão perder com essa tragédia são as famílias dos trabalhadores mortos pela pressa do governo, filhos a mercer da sorte a partir de agora e queira Deus que a Competentíssima Policia Civil do Estado na conclusão do inquérito não chegue ao resultado de que os culpados foram os trabalhadores que morrem. Que Deus os acolha na sua infinita bondade e olhe pelos que ficaram.

    • Muito bom seu comentário.Só quem perdeu foi os que se foram e agora as familias enlutada.Dizer agora que MPE,OAB e os ESCAMBAU irá tomar providências é só blá blá blá.No final de tudo esses orgãos ai irão achar fácil os culpados,ou seja,dirão que foi os operários mortos,estes não estão + aqui mesmo p/dizer de quem é a culpa.Neste DESGÓESVERNO é assim…..todos culpados,menos ele x harmonia.MEUS SENTIMENTOS P/COM AS FAMILIAS ENLUTADAS E QUE DEUS OS ABENÇOEM.

  • Acidentes sempre ocorrem, mas é necesária uma apuração minuciosa de tudo, inclusive com a participação da sociedade, talvez, representada pelo Ministério Público e OAB. Vidas foram ceifadas. Pais de família morreram e alguém tem que ser responsabilizado. Por ora, lamentamos pela vida dos trabalhadores m,ortos e acidentados.

    • Faço a sugestão de incluir o Ministerio do trabalho. As normas regulamentares de segurança foram seguidas? Concordo plenamente que tem que se apurar e investigar o nexo causal, para que até outros acidentes possam ser previnidos.

  • A PRESSA É INIMIGA DA PERFEIÇÃO!!!

    SIM, ACABO DE RECEBER A INFORMAÇÃO VIA CELULAR, ÀS 18h50, DESTE SÁBADO 20, QUE A PONTE FINCADA NO RIO VILA NOVA PRA QUEM VAI PARA O MUNICÍPIO DE MAZAGÃO, DESABABOU.

    A INFORMAÇÃO QUE VEM DE LÁ É DE QUE 10 PESSOAS MORRERAM E 10 ESTÃO DESAPARECIDAS.

    SEGUNDO UMA TESTEMUHA OCULAR, A PONTE DESABOU EM CIMA DE UMA BALÇA. AÍ O DESESPERO FOI GERAL.

    VOU CHECAR MAIS INFORMAÇÕES, DAQUI A POUCO VOLTO COM MAIS DETALHES.

    (TICO BAUHAUS).

Deixe uma resposta para Cjunior Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *