Remember

Só pra lembrar: em 2016 no segundo turno da eleição para prefeito de Macapá entre Clécio Luís e Gilvam Borges, o PSB declarou neutralidade. Mas nomes expressivos do partido yellow apoiaram Gilvam Borges, inclusive com declaração de voto no horário eleitoral no rádio e TV.
Clécio – que só não era chamado de santo pelos pessebistas – foi reeleito com mais de 60% dos votos.
Portanto, PSB não pode reclamar, brigar, falar em ingratidão e se queixar de Clécio Luís.
Né não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *