Mais um preso em Santana

A Polícia Federal, na tarde deste domingo (15), abordou um carro em atitude suspeita, no âmbito das ações de repressão a crimes eleitorais, com apoio do Ministério Público Eleitoral, na cidade de Santana/AP.
Dentro do veículo, além do homem que o conduzia, havia outras sete pessoas com as quais o condutor não tinha qualquer vínculo, sequer sabia os nomes, assim como as pessoas transportadas não tinham nenhuma relação entre si.
Com o motorista foi encontrada uma lista com vários nomes de pessoas e seus respectivos contatos. Questionado sobre a relação de nomes, o indivíduo não soube explicar.
O condutor foi encaminhado à Superintendência Regional da Polícia Federal no Amapá para realização da prisão em flagrante pelo crime de transporte irregular de eleitores e poderá cumprir pena de até seis anos de reclusão.

(Ascom/PF)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *