Com a palavra, a PM

Sobre o post “Abuso de autoridade”, o Coronel Ferreira, diretor de Comunicação da Polícia Militar, assim se manifestou:

Oportunizado pelo espaço gentilmente cedido, gostaria de manifestar, em nome da Polícia Militar, nosso repúdio e indignação com todo e qualquer ato de ofensa à dignidade dos cidadãos deste estado, que por ventura tenha sido praticado por integrantes desta corporação. Ao mesmo tempo, quero convidar o cidadão que teria sido alvo do fato gerador dos comentários elencados neste blog, para que compareça à corregedoria, ou, se preferir à Diretoria de Comunicação Social (Quartel do Comando Geral), a qual chefio, para formalizar sua denúncia, a fim de que possamos apurá-la com a celeridade necessária, esclarecendo suas circunstâncias e impondo responsabilidades, visto que, não há em seu depoimento, nenhuma identificação pessoal, ou referência que nos possibilite identificar a viatura e/ou seus integrantes para abertura de um processo apuratório. Por fim, julgamos necessário ressaltar que não parece justo e adequado o posicionamento infeliz e oportunista de algumas pessoas, que se utilizando do anonimato ou de pseudônimos, tentam desmerecer e desqualificar o nome e o trabalho de uma corporação tão importante no contexto da defesa social do Amapá, eleita,por dois anos consecutivos, a instituição mais confiável do estado (UECSA 08/09),buscando transformar a exceção, contida em um fato isolado (que ainda precisa ser esclarecido), em regra. Sabemos que precisamos continuar avançando no sentido de sensibilizar nossos policiais para a necessidade de humanizar cada vez mais seus procedimentos nas relações com a comunidade, inclusive nas abordagens. Sabemos também, que, apesar disso, ainda existem alguns maus profissionais que cometem desatinos, os quais, quando identificados, acreditem, são reprovados e repudiados pela maioria absoluta de bons profissionais que constroem dia após dia esta grande corporação.”

  • Apesar de ter um irmão major da PM, confesso que não sou muito fã dos policiais pela arrogância de muitos. Por outro lado, não tenho admiração nenhuma por bandidos. Então, como sei que eles, os bandidos, não têm pena de ninguém, bala neles. Depois pergunta se estão certos ou errados…

  • Senhores leitores, sou cabo fem do Corpo de Bombeiros Militar e quero dizer que não é fácil ser alvo de acusações, principalmente quando estas são de forma generalizada. Infelizmente, a maioria dos militares da PM levam a fama ruim de uns poucos, são execrados por uma covardia cometida por uma minoria que insiste em não trabalhar com o respeito que o cidadão amapaense merece, eles devem ser punidos por tal afronta, o que não se pode fazer é crucificar o restante da corporação por tal feito. Louvo a atitude do representante do setor de comunicação social da PM em dar uma satisfação à sociedade e em convidar a parte agredida para formalizar a denúncia do abuso sofrido. Amigos leitores, não dêem o seu direito a ninguém e digo, quando sofrerem alguma injustiça, corram até o órgão do suposto agressor e denunciem para que a verdade apareça e para que seja trabalhada a reeducação e elencada a devida punição desses maus profissionais.

  • Gostaria de parabenizar o diretor de comunicação da PM que se manifestou a respeito das acusações contra uma equipe de serviço da instituição.
    O engraçado é que parece que o simples fato de orientar o denuciante a formalizar acusação e relatar que a PM recebeu o reconhecimento da sociedade por meio de uma pesquisa realizada pela UECSA, causou tanto descontentamento em algumas pessoas.
    É impressionante como tem gente que vive procurando um defeito para falar mal, se esquece que quando qualquer coisa fora do normal acontece é a PM que chega primeiro para acolher.
    “Quando a polícia esta perto incomoda, quando tá longe faz falta”

  • gostaria que o coronel quando tivesse essas denúncias ai na corregedoria não tivesse o corporativismo com esses poucos bandindos de fardas,que denigre a imagem da pm,eu já vi muitos policias abordando cidadãos de bem,como se fosse um bandindo,e o constrangimento que a pessoas passa.

  • Seu texto continua sofrível, mas numa coisa eu tenho que concordar com você, meu bom Juninho, a UCSA é uma piada de mau-gosto. Merecer um elogio de tal agremiação é um tremendo gol-contra. Ninguém merece. E os membros daquela diretoria já foram jubilados a séculos do secundário, mas não largam o osso nem a pau. Até o Da Lua, que só fez o Mobral, é membro honorável. Você está certo em advertir o Coronel que referência da UCSA não vale, não tem carimbo de boa-fé. É que nem a AMCAP (Associação dos Músicos e Compositores do Amapá), agremiação que reúne o maior contingente de pelegos talentosos tucujus. O samba do Bezerra da Silva não toca lá, a polícia não deixa.

    • Procure no site da PM, tem um informativo (PDF), que informa que a aprovação da instituição em pesquisa realizada pela assembeia legislativa (AL-AP???) é de 7,2%.. deve ser um erro de digitação, mas esta lá a tanto tempo que começo a acreditar…

  • Bom, todo cidadão tem o direito de se expressar da forma que lhe convem, não é de hoje que na corporação da PM existe a banda podre, onde alguns “na sua minoria” utilizam da farda para impor respeito, quando na verdade não tem nem moral, alvará o respeito em suas casas. É preciso separar o joio do trigo, avaliar psicologicamente os membros da corporação que trabalham nas ruas, pois muitas vezes extrapolam em suas ações fazendo com que a população ao invés de se sentir segura com a presença da PM, acabe se sentindo amedrontada com ela. Por falar em corporação, sempre existe a defesa de todos colegas, isto pq sempre existe um corporativismo entre eles, um defende o outro. Quanto ao prêmio da UECSA, esse prêmio não é nem um “OSCAR”, ou “GRAMMY”, ainda por se falar em UECSA, que nos dias de hoje só serve p/ estorquir dinheiro dos políticos, para se manterem calados e para patrocinarem seu candidato a Vereador ou Deputado. O último presidente da UECSA que eu ví, vivi e presenciei junto brigando na rua, foi o PEDROA DALUA, no DCE da UNIFAP O RANDOLFE, na época do Cmte Barcellos e do CAPI, depois disso a UECSA caiu num discredito total para os estudantes.

  • E o constragimento ?Quando levaram o Caixa Eletronico do Bradesco de dentro da Policia Militar,não veio nenhum coronel tentar justificar.

  • O coronel está certo, a policia aqui tem um bom trabalho, claro que tem maus profissionais, mas a denuncia não é fácil, o cidadão tem medo do corporativismo, perseguiçoes que possa sofrer, prefere ficar calado, a policia deve fiscalizar melhor seus funcinários. Agora o Coronel teve respeito com todos nós, veio aqui, se esplicou, é isso que esperamos de servidores públicos, está de parabéns!

  • O Coronel Ferreira está viajando.Recebe prêmios de entidade dirigida pelo Rodrigo Portugal e Dalua é o final do mundo.Eu teria vergonha de mencionar tal feito.

  • Se eu fosse o cidadão ae ia naum!!porq corre o risco de não contar a sua estória pra mais ninguem. vi agora a pouco na tv q o BOPE tah formando um nova turma de ….bom, nas informações dada pelo coordenador do curso não vi uma citação se quer sobre relações humanas, mas frisou bem o condicionamento fisico, como bater, como baixar a porrada na abordagem. O cara q passa por este curso concerteza sai dali mas sensível e humano nos procedimentos relacionados a comunidade! ah!!Sai, sai sim!! Não qro aki desmerecer e nem desqualificar a corporação PM, pois das vzs em q estive no quartel fui muito bem acolhido, diferente da ROTAM e BOPE, porq?

    Outra coisa Coronel a UECSA a muito tempo deixou de ser uma instituição séria e representativa dos secundaristas, então o que lá se escreve não se deve levar a sério!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *