Coronavírus – 776 novos casos confirmados em 24 horas no Amapá

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) divulgou novo relatório hoje à tarde com dados sobre o Covid-19 no Amapá com 776 novos casos confirmados sendo 85 em Macapá, 210 em Santana, 61 em Laranjal do Jari, 40 em Mazagão, 22 em Oiapoque, 188 em Pedra Branca, 8 em Porto Grande, 37 em Serra do Navio, 10 Vitória do Jari, 26 Itaubal, 35 em Tartarugalzinho, 18 Ferreira Gomes, 23 em Cutias do Araguari, 9 em Calçoene e 4 em Pracuúba.

Também há o registro de seis novos óbitos em três municípios, ocorridos entre os dias 08 de maio e 04 de junho que estavam sob investigação. Em Santana, um homem de 59 anos, sem comorbidade declarada. Em Serra do Navio, um homem de 66 anos, sem comorbidade declarada. Em Macapá, 4 óbitos. Um homem e três mulheres. Entre as vítimas do sexo feminino estão, uma de 27 anos, sem comorbidades declarada; uma de 79 anos, diabética e hipertensa; e uma de 87 anos, hipertensa. A vítima do sexo masculino tinha 69 anos, sem comorbidade declarada.

Painel geral de casos pelo COVID-19:
Casos confirmados: 12.327 (sendo: Macapá 5.550/ Santana 1.401/ Laranjal do Jari 1.822/ Mazagão 389 / Oiapoque 551/ Pedra Branca 1.028/ Porto Grande 226/ Serra do Navio 280/ Vitória do Jari 193/ Itaubal 103/ Tartarugalzinho 169/ Amapá 119/ Ferreira Gomes 141/ Cutias do Araguari 182/ Calçoene 151/ Pracuúba 22).

Recuperados: 5.766
Óbitos: 260

Casos confirmados hospitalizados: 171
Sistema público: 115 (42 em leito de UTI / 73 em leito clínico)
Sistema privado: 56 (41 em leito de UTI / 15 em leito clínico)

Casos suspeitos hospitalizados: 152
Sistema público: 48 (2 em leito de UTI / 46 em leito clínico)
Sistema privado: 104 (0 em leito de UTI / 104 em leito clínico)

Total em isolamento hospitalar: 323

Isolamento domiciliar: 6.130
Em análise laboratorial: 10.146
Descartados: 10.888

Quarentena continuará por mais 10 dias em Macapá

De acordo com o novo Decreto Municipal 2.142/2020, será mantido o isolamento social pelo período de 10 dias, prorrogando o Decreto nº 1833/2020, de 2 de abril, alterado pelos Decretos Municipais nº 1915/2020, nº 2.006/2020 e nº 2.069/2020 da Prefeitura de Macapá. O novo decreto mantém as medidas de isolamento social e a suspensão dos serviços não essenciais em Macapá até 13 de junho.

Também mantém os horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais de produtos de atividades essenciais, como serviços bancários, de alimentos, de saúde, e agora, com seu Artigo 3º, também inclui os serviços contábeis (contador/contabilista), no serviço das 8h às 18h. O objetivo da nova prorrogação é reforçar os cuidados para evitar o contágio por meio de aglomerações de pessoas.

Embora o período de isolamento mais rígido (lockdown) tenha melhorado o índice de isolamento social, com os rodízios e barreiras sanitárias na cidade, o município de Macapá ainda apresenta uma crescente nos casos de Covid-19. Dez dias atrás possuía 3.615 confirmados, com 98 óbitos. O último boletim apresentou 5.337 casos confirmados, com 149 óbitos.

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, destacou que o município está retornando a quarentena e que não terá lockdown. Disse ainda que a medida é uma forma de garantir algumas condicionantes que foram estabelecidas em reunião com o Comitê Técnico Científico de Enfrentamento da Covid-19, Fecomércio, Governo do Estado, segurança pública e órgãos de Justiça, para a retomada das atividades econômicas e sociais.

“Esse período de 10 dias de quarentena é um resguardo para garantirmos que as condicionantes estabelecidas aconteçam. A primeira delas é garantir para a população um percentual acima de 80% de leitos e que a ala do Hospital Universitário, conseguido pela bancada federal, esteja funcionando;  que o índice de contaminação desacelere, estabilize ou fique decrescente. Durante esse tempo, estaremos preparando medidas para uma futura abertura gradual do comércio”, ressaltou o prefeito

Atividades continuam suspensas
Permanecerão suspensos em todo o território municipal eventos de qualquer natureza, público ou privado, com aglomeração de pessoas, atividades coletivas em espaços e equipamentos públicos e privados, como shows, festas, congressos, reuniões, torneios, jogos, apresentações teatrais, sessões de cinema, comemorações e reuniões realizadas em âmbito público ou privado que gerem aglomerações. Estão suspensas, também, aulas presenciais em estabelecimentos de ensino, públicos e privados.

Isolamento social
Continua sendo recomendada a circulação de pessoas apenas em casos estritamente necessários.

Uso de máscara
Continua obrigatório o uso de máscaras de proteção, industriais ou caseiras, por quem, durante a pandemia, precisar sair de suas residências, principalmente se estiver em locais públicos, dentro de transporte coletivo ou em estabelecimentos.

(Texto: Secretaria de Comunicação de Macapá)

Coronavírus – Amapá está há 2 dias sem registro de óbitos

O boletim informativo sobre a situação do novo coronavírus no estado divulgado hoje a tarde pelo Governo do Amapá informa que são 11.551 casos confirmados e 9.940 em análise laboratorial.  444 novos casos foram confirmados, sendo 128 em Macapá, 5 em Santana, 60 em Laranjal do Jari, 2 em Mazagão, 12 em Oiapoque, 162 em Pedra Branca, 10 em Porto Grande, 2 Vitória do Jari, 35 em Tartarugalzinho, 2, Amapá, 8 Ferreira Gomes, 16 em Calçoene e 2 em Pracuúba.
A atualização inclui também 7 novos óbitos de pessoas naturais dos municípios de Macapá e Santana. Eles ocorreram de 7 a 30 de maio e estavam sob investigação.

Comparando com o boletim divulgado ontem verifica-se que caiu o número de pacientes hospitalizados. Ontem eram 171, hoje são 160. No entanto, existem 15 pacientes nas UBS de Macapá aguardando transferência para leitos estaduais.

A boa notícia é que nos dois últimos dias não há registro de mortes. De acordo com os boletins oficiais as últimas mortes ocorreram no dia 2, terça-feira.

Mas é preciso que a população continue mantendo o isolamento social, pois o número de casos confirmados continua crescendo. Ontem era 11.107, hoje são 11.551.

O número de pessoas com Covid-19 em isolamento hospitalar nas redes pública e privada é de 304 pacientes, sendo 160 casos confirmados e 144 suspeitos.

Entre os casos confirmados, 106 estão no sistema público (38 em leito de UTI / 68 em leito clínico) e 54 estão na rede particular (41 em leito de UTI /13 em leito clínico).

Já entre os casos suspeitos, 39 estão no sistema público (0 em leito de UTI /39 em leito clínico), e 105 estão na rede particular (0 em leito de UTI /105 em leito clínico).

Em isolamento familiar: 5.869

Coronavírus – Mais de 11 mil casos confirmados e 247 mortes no Amapá

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) traz novo relatório com dados sobre o Covid-19 no Amapá com 596 novos casos confirmados sendo 93 em Macapá, 39 em Santana, 80 em Laranjal do Jari, 37 em Mazagão, 160 em Oiapoque, 69 em Pedra Branca, 14 em Porto Grande, 4 Serra do Navio, 1 Vitória do Jari, 14 Itaubal, 13 Amapá, 5 Ferreira Gomes, 29 em Cutias do Araguari, 30 em Calçoene e 8 em Pracuúba.

Também há o registro de 10 óbitos ocorridos entre os dias 04 de maio e 02 de junho, que estavam sob investigação. Em Santana, uma mulher de 42 anos (renal crônica e hipertensa). As outras vítimas são todas de Macapá. Quatro homens, de 58 anos (hipertenso), um de 65 anos, um de 69 anos e outro de 79 anos, todos sem comorbidade declarada. E cinco mulheres: uma de 56 anos (diabética), uma de 61 anos (diabética e hipertensa), outra de 71 anos (hipertensa), uma de 57 anos (sem comorbidade declarada) e uma de 81 anos (hipertensa e diabética).

Painel geral de casos pelo COVID-19:
Casos confirmados: 11.107
Macapá 5.337
Santana 1.186
Laranjal do Jari 1.701
Mazagão 347
Oiapoque 517
Pedra Branca 678
Porto Grande 208
Serra do Navio 243
Vitória do Jari 181
Itaubal 77
Tartarugalzinho 99
Amapá 117
Ferreira Gomes 115
Cutias do Araguari 159
Calçoene 126
Pracuúba 16

Recuperados: 4.859
Óbitos: 247

Casos confirmados hospitalizados: 171
Sistema público: 109 (35 em leito de UTI / 74 em leito clínico)
Sistema privado: 62 (42 em leito de UTI / 20 em leito clínico)

Casos suspeitos hospitalizados: 143
Sistema público: 45 (0 em leito de UTI / 45 em leito clínico)
Sistema privado: 98 (0 em leito de UTI / 98 em leito clínico)

Total em isolamento hospitalar: 314

Isolamento domiciliar: 5.830
Em análise laboratorial: 9.944
Descartados: 10.134

Completamente reformada, UBS Rosa Moita reabriu hoje

A partir de hoje, 2, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Rosa Moita, no bairro Nova Esperança, em Macapá, volta a atender a população. A UBS foi totalmente recuperada com emenda parlamentar do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), bem como outras três unidades que tem feito o atendimento exclusivo à Covid-19 e uma que tem atendido as mulheres grávidas.

A UBS Rosa Moita fará atendimentos agendados para clínico geral, pediatria, saúde da família, vacinas e farmácia. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone (96) 98813-3576 e serão realizados de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

As unidades básicas Álvaro Corrêa, no bairro São Lazaro, Dr. Lélio Silva, no Congós e a Unidade do Marabaixo são referências para fazer atendimentos exclusivos para casos suspeitos de Covid-19, primeiro atendimento na pandemia. Bem como, também foi reformada a UBS do Perpétuo Socorro, separada para o atendimento das mulheres grávidas.

As cinco UBSs foram reformadas com emendas destinadas pelo parlamentar e somam cerca de R$ 1,7 milhão e fazem parte de um conjunto de iniciativas do senador para o fortalecimento da saúde da capital.

“É fundamental garantir o atendimento da população, a Prefeitura de Macapá teve a importante iniciativa de centralizar os atendimentos e assim evitar que haja contaminação cruzada”, explicou o senador que esteve em algumas das UBSs vistoriando a aplicação do recurso.

Covid-19: unidades de referência registram quase 3 mil atendimentos em 24 horas

As Unidades Básicas de Saúde Lélio Silva, Marabaixo, Álvaro Corrêa e Carreta da Saúde, que são referência para atendimento de casos suspeitos de Covid-19, registraram na última segunda-feira, 1º de junho, a realização de 2.928 atendimentos, entre consultas e receitas. Em um dia, a UBS Lélio Silva recebeu 429 pacientes. Já a unidade Álvaro Corrêa, na zona norte, atendeu 356 pessoas. Na UBS Marabaixo, 206 pacientes procuraram assistência médica com os sintomas da síndrome gripal e na Carreta foram 130 atendidos.

Outro dado registrado é o total de kits de medicamentos entregues no mesmo dia, onde 1.807 pessoas saíram dessas três unidades com a medicação prescrita para o tratamento terapêutico. Na Lélio Silva, foram 810 kits. Destes, 247 foram entregues no ponto de distribuição de medicamentos em frente à unidade. Já na Álvaro Corrêa, do total de 648 receitas atendidas, 276 foram no ponto de distribuição móvel. Na UBS Marabaixo 247 kits e na Carreta foram 102 kits.

Registrando assim a entrega de 9.035 comprimidos de azitromicina e 7.228 comprimidos de ivermectina.

(Secom/PMM)

Coronavírus – Quase dez mil casos confirmados e 228 mortes no Amapá

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) traz novo relatório com dados sobre o Covid-19 no Amapá com 288 novos casos confirmados, sendo 44 em Macapá, 08 em Santana, 105 em Laranjal do Jari, 32 em Oiapoque, 42 em Pedra Branca, 08 Vitória do Jari, 23 Itaubal, 08 Tartarugalzinho, 01 Amapá, 08 Ferreira Gomes, 01 Cutias do Araguari e 08 em Calçoene.

Também há o registro de 6 óbitos, todos no município de Macapá, ocorridos entre os dias 9 e 28 de maio que estavam sob investigação. Três vítimas são homens: um de 52 anos (diabético e renal crônico) e dois de 56 e de 82 anos, ambos sem comorbidade declarada. E as outras s˜åo mulheres: uma de 77 anos (diabética e com doença renal), uma de 48 anos (comorbidade relacionada à obesidade) e outra de 86 anos (cardíaca e diabética).

Painel geral de casos pelo COVID-19:
Casos confirmados: 9.890 (sendo: Macapá 5.079/ Santana 1.011/ Laranjal do Jari 1.550/ Mazagão 291 / Oiapoque 317/ Pedra Branca 506/ Porto Grande 194/ Serra do Navio 223/ Vitória do Jari 160 / Itaubal 59/ Tartarugalzinho 91/ Amapá 95/ Ferreira Gomes 93/ Cutias do Araguari 130/ Calçoene 83/ Pracuúba 8).

Recuperados: 4.039
Óbitos: 228

Casos confirmados hospitalizados: 185
Sistema público: 117 (44 em leito de UTI / 73 em leito clínico)
Sistema privado: 68 (40 em leito de UTI / 28 em leito clínico)

Casos suspeitos hospitalizados: 151
Sistema público: 44 (0 em leito de UTI / 44 em leito clínico)
Sistema privado: 107 (0 em leito de UTI / 107 em leito clínico)

Total em isolamento hospitalar: 336

Isolamento domiciliar: 5.438
Em análise laboratorial: 9.566
Descartados: 8.255