Coronavírus – Mais de 4.500 casos e 142 mortes no Amapá

Mais 239 novos casos foram confirmados hoje no Amapá. sendo 22 em Macapá, 30 em Santana, 49 em Laranjal do Jari, 14 em Mazagão, 11 em Oiapoque, 20 em Pedra Branca, 40 em Serra do Navio, 10 em Vitória do Jari, 02 em Itaubal, 08 em Amapá, 22 em Ferreira Gomes, 09 em Cutias e 02 em Calçoene.

Também há o registro de 6 óbitos ocorridos entre os dias 7 e 20 de maio, em três municípios.
Em Macapá, duas mulheres, uma de 55 anos (diabética) e uma de 68 anos (hipertensa). E dois homens, de 82 e 89 anos, ambos sem comorbidade declarada. Em Laranjal do Jari, um homem, de 66 anos, sem comorbidade declarada. Em Ferreira Gomes, a prefeitura do município comunicou o óbito, mas até o momento não repassou as informações de sexo, idade e comorbidades.

Painel geral de casos pelo COVID-19:
Casos confirmados: 4.549 (sendo 2.912 em Macapá, 619 em Santana, 10 Calçoene, 40 em Cutias do Araguari, 40 em Ferreira Gomes, 18 em Itaubal, 350 em Laranjal do Jari, 94 em Mazagão, 94 em Oiapoque, 96 em Pedra Branca, 95 em Porto Grande, 05 em Pracuúba, 83 em Serra do Navio, 12 em Tartarugalzinho, 61 em Vitória do Jari e 20 no município de Amapá).

Recuperados: 1.348
Óbitos: 142

Casos confirmados hospitalizados: 191 total
Sistema público: 150 (56 em leito de UTI / 94 em leito clínico)
Sistema privado: 41 (29 em leito de UTI / 12 em leito clínico)

Isolamento domiciliar: 2.868
Em análise laboratorial: 7.576
Descartados: 4.702

Informações sobre casos suspeitos:
Suspeitos declarados pelos municípios:
Macapá: 3.975
Santana: 1.338
Laranjal do Jari: 336
Mazagão: 449
Oiapoque: 241
Pedra Branca do Amapari: 83
Porto Grande: 222
Serra do Navio: 131
Vitória do Jari: 238
Itaubal: 20
Tartarugalzinho: 83
Amapá: 109
Ferreira Gomes: 60
Cutias do Araguari: 127
Calçoene: 60
Pracuúba: 11
Total: 7.483

Casos suspeitos hospitalizados: 209

Coronavírus – 287 novos casos confirmados em 24h no Amapá

Boletim do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) divulgado agora há pouco informa que mais 287 casos de coronavírus foram confirmados no Amapá nas últimas 24 horas.  sendo 198 em Macapá, 10 em Santana, 30 em Laranjal do Jari, 2 em Mazagão, 6 em Oiapoque, 13 em Pedra Branca, 16 em Porto Grande, 3 em Vitória do Jari, 5 em Itaubal, 2 em Amapá, 1 em Cutias e 1 em Calçoene.

O número de óbitos subiu para 136; ontem eram 127. Esses  nove óbitos ocorreram em:  Macapá (uma mulher, 68 anos com Fibrose Pulmonar e dois homens, ambos sem comorbidade declarada, um de 39 anos anos e outro de 73 anos),

Santana (dois homens, um de 43 anos sem comorbidade declarada e um de 45 anos hipertenso e com insuficiência cardíaca);

Laranjal do Jari (um homem, de 58 anos sem comorbidade declarada),

Mazagão (um homem, 69 anos sem comorbidade declarada),

Pebra Branca (um homem, de 53 anos diabético e com esteatose hepática)

Calçoene um homem de 31 anos, sem comorbidade declarada.

Painel geral de casos pelo COVID-19:
Casos confirmados: 4.310 (sendo 2.890 em Macapá, 589 em Santana, 08 Calçoene, 31 em Cutias do Araguari, 18 em Ferreira Gomes, 16 em Itaubal, 301 em Laranjal do Jari, 80 em Mazagão, 83 em Oiapoque, 76 em Pedra Branca, 95 em Porto Grande, 05 em Pracuúba, 43 em Serra do Navio, 12 em Tartarugalzinho, 51 em Vitória do Jari e 12 no município de Amapá).

Recuperados: 1.231
Óbitos: 136

Casos confirmados hospitalizados: 164 total
Sistema público: 122 (43 em leito de UTI / 79 em leito clínico)
Sistema privado: 42 (37 em leito de UTI / 5 em leito clínico)

Isolamento domiciliar: 2.779
Em análise laboratorial: 7.446
Descartados: 4.592

 

Casos suspeitos hospitalizados: 198

Acompanhe mais informações sobre o coronavírus em nosso portal.
http://portal.ap.gov.br/coronavirus

Coronavírus – Amapá tem 4.023 casos confirmados, 127 mortes e 1.168 recuperados

O Governo do Amapá atualizou nesta segunda-feira, 18, o boletim informativo sobre a situação do novo coronavírus no estado. Agora são 4.023 casos confirmados e 7.309 em análise laboratorial. Os testes também descartaram 4.404 casos suspeitos.

A atualização traz 189 novos casos confirmados sendo 53 em Macapá, 73 em Santana, 25 em Laranjal do Jari, 14 em Mazagão, 9 em Oiapoque, 7 em Pedra Branca do Amapari, 7 em Porto Grande e 1 em Itaubal.

O boletim inclui também mais 8 óbitos ocorridos no período de 16 a 18 de maio. As vítimas são naturais dos municípios de Macapá, Laranjal do Jari e Oiapoque.

  • Macapá: três novos óbitos, todos de homem. Um deles de 73 anos, hipertenso, em hospital particular; um de 48 anos, com comorbidade relacionada à obesidade, ele faleceu no Centro Covid-3, em Santana. O outro tinha 75 anos, sem comorbidade declarada, o óbito ocorreu no Centro Covid-1;
  • Laranjal do Jari: três óbitos, todos de homens e sem comorbidades declaradas. Dois deles ocorreram no Centro Covid-LJ, eram pacientes de 54 anos e 72 anos. O outro óbito ocorreu no Hospital Estadual de Laranjal do Jari – um homem de 45 anos;
  • Oiapoque: dois óbitos. Um deles ocorreu no Hospital Estadual de Oiapoque – um homem de 72 anos hipertenso e diabético. Outro homem, de 57 anos e sem comorbidade declarada, faleceu em um hospital particular de Macapá.

Assim, o Amapá chega a 127 mortes em 13 municípios (Macapá 75 / Laranjal do Jari 23 / Santana 14 / Mazagão 1/ Oiapoque 3/ Pedra Branca do Amapari 2/ Porto Grande 3/ Vitória do Jari 1/ Tartarugalzinho 1/ Amapá 1/ Ferreira Gomes 1/ Cutias do Araguari 1/ Pracuúba 1).

Entre os recuperados estão 1.168 pessoas. (Macapá 731/ Santana 177/ Laranjal do Jari 105/ Oiapoque 47/ Mazagão 23/ Pedra Branca do Amapari 5/ Porto Grande 19/ Serra do Navio 9/ Vitória do Jari 9/ Itaubal 9/ Tartarugalzinho 11/ Amapá 6/ Ferreira Gomes 5/ Cutias do Araguari 10/ Calçoene 2).

Dos 4.023 casos confirmados:

  • Macapá: 2.692
  • Santana: 579
  • Laranjal do Jari: 271
  • Porto Grande: 79
  • Oiapoque: 77
  • Mazagão: 78
  • Pedra Branca: 63
  • Vitória do Jari: 48
  • Serra do Navio: 43
  • Cutias do Araguari: 30
  • Ferreira Gomes: 18
  • Tartarugalzinho: 12
  • Itaubal: 11
  • Amapá: 10
  • Calçoene: 7
  • Pracuúba: 5

Já em relação a casos suspeitos, os municípios declararam 7.026, sendo:

  • Macapá: 3.781
  • Santana: 1.312
  • Mazagão: 390
  • Laranjal do Jari: 335
  • Vitória do Jari: 223
  • Oiapoque: 213
  • Porto Grande: 184
  • Cutias do Araguari: 118
  • Serra do Navio: 102
  • Amapá: 95
  • Tartarugalzinho: 79
  • Pedra Branca do Amapari: 74
  • Calçoene: 47
  • Ferreira Gomes: 43
  • Itaubal: 19
  • Pracuúba: 11

Internações

O número de pessoas com covid-19 em isolamento hospitalar na rede pública e privada é de 167 pacientes, sendo 120 no sistema público (38 em leito de UTI / 82 em leito clínico), e 47 na rede particular (38 em leito de UTI / 9 em leito clínico).

Em isolamento familiar: 2.561

Outras 219 pessoas com suspeita de covid-19 também estão em unidades hospitalares público e privadas.

Todos estes dados são do Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL/AP) e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS), que auxiliam o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) – dispositivo criado pelo Governo do Amapá para gerenciar a crise de COVID-19 no estado.

Justiça determina que GEA faça a transferência imediata de pacientes para leitos especializados no tratamento da Covid-19

A juíza Alaíde Maria de Paula (foto), titular da 4ª Vara Cível e de Fazenda Pública da Comarca de Macapá, determinou, neste domingo (17), que o Governo do Amapá transfira, imediatamente, pacientes para leitos especializados no tratamento da Covid-19. A decisão liminar é resultado de Ação Civil Pública número 0015960-37.2020.8.03.0001, ajuizada pelo Ministério Público do Amapá com pedido de aditamento e reconsideração por conta da urgência do caso. (ACESSE AQUI A DECISÃO NA ÍNTEGRA)

Com a decisão em caráter liminar, o GEA deve realizar a transferência dos 55 pacientes citados no pedido de reconsideração, acometidos ou com suspeita de Covid-19, que estão internados no Hospital de Emergência (HE), nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) de Macapá, e que necessitam de leitos clínicos ou de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O pedido deve contemplar também os pacientes que venham a ser internados nas referidas unidades para tratamento da doença. A decisão garante ainda o mesmo tratamento aos pacientes acometidos com a enfermidade e que procurem as unidades de saúde citadas.

(Fonte: Portal do TJAP)

Prefeitura de Macapá lança edital para contratar 422 profissionais da saúde

A Prefeitura de Macapá lançou ontem, quinta-feira, 14, o segundo edital do Processo Seletivo Simplificado da Saúde para a contratação temporária de novos profissionais. As inscrições são gratuitas e vão até as 18h do dia 16 de maio de 2020. Serão disponibilizadas 422 para enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêuticos, biomédicos e outros profissionais que atuarão no enfrentamento da Covid-19.

Segundo o prefeito de Macapá, Clécio Luís, o aumento do número de casos na capital amapaense e a carência no quadro são fatores para a realização do novo processo. “Precisamos reforçar ainda mais a nossa frente de combate à Covid-19 em nossas Unidades Básicas de Saúde. O aumento do número de casos também afastou alguns profissionais por licença médica, por infecção pelo Coronavírus ou por fazerem parte do grupo de risco. Os novos profissionais devem vir com esse sentimento de ajudar a cuidar e a dar esperança ao nosso povo. Temos que unir forças, cada vez mais, e usar todos os recursos possíveis para sairmos vitoriosos nesta luta”, enfatizou.

As contratações terão prazo de 120 dias, podendo ser prorrogado por igual período. O processo seletivo se dará por meio de análise curricular, seguindo critérios estabelecidos em edital, disponibilizado no link: http://processoseletivo.macapa.ap.gov.br/inscricao/edital-no-007-2020-gestao-pmm-ii-processo-seletivo-simplificado-para-area-da-saude/.

Leia mais aqui

Prefeitura de Macapá decreta isolamento social mais rígido

Após ultrapassar 100 mortes por Coronavírus no Amapá e mais de 2.500 casos confirmados somente na capital, a Prefeitura de Macapá e o Governo do Estado decretaram nesta sexta-feira, 15 de maio, o isolamento social mais rígido de enfrentamento do Coronavírus. A medida começa a valer nesta terça-feira, 19 de maio, e terá validade de 10 dias. Essa decisão também já foi adotada em outras capitais do país como forma de conter a pandemia.

Por meio do Decreto Municipal nº 2.058/2020, assinado pelo chefe do poder Executivo, as pessoas ficam restringidas de sair de casa e andar pelas ruas, exceto para trabalhar em serviços essenciais ou fazer atividades indispensáveis, como comprar alimento ou retirar benefícios sociais em lotéricas e bancos. Para as pessoas que saírem, o uso de máscaras é obrigatório. Os serviços essenciais de supermercados, banco, padarias e farmácias não fecham, continuam em funcionamento.

Rodízio de veículos
Com o endurecimento das restrições, será adotado ainda o rodízio de veículos no município de Macapá para todos os carros particulares, exceto de profissionais de saúde, segurança, Defesa Civil ou de uso oficial, entre outros. Também estão liberados táxis, ônibus e veículos de abastecimento de água, cargas de gêneros alimentícios, imprensa, carro funerário e coleta de lixo. Os transportes por aplicativos poderão circular, mas funcionarão também por sistema de rodízio de placas.

Em dias pares: somente poderão circular veículos com dígitos finais de placa pares. Em dias ímpares: poderão circular apenas veículos com dígitos finais de placa ímpares. Quem descumprir poderá ser multado. A restrição ocorrerá todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados, da 0h às 23h59.

Barreiras
A prefeitura também fará barreiras sanitárias  com aferição de temperatura. Os bloqueios nos bairros são para restringir a circulação de pessoas enquanto as medidas estiverem em vigor. Além disso, os bairros com maiores incidências de infectados pela Covid-19 terão ações intensivas de combate e prevenção, com o intuito de aumentar o índice de isolamento.

Para o prefeito de Macapá, Clécio Luís, diante da situação do quadro real de colapso na saúde, de mais mortes a cada dia e casos de Covid-19 aumentando, é necessário decretar o lockdown. “Manteremos o que está em funcionamento. Não fecha banco, não fecha supermercado, não fecha nada que trabalha com serviços essenciais ou gênero de primeira necessidade, mantém como está. No entanto, as medidas mais rígidas se referem à circulação de pessoas e veículos”, disse.

“O isolamento mais rígido está fundamentado em três ações: barreiras sanitárias, continuaremos fazendo porque deram resultado positivo; e rodízio de carros, nos dias pares poderão circular veículos com último dígito da placa par, em dias ímpares placa com último dígito ímpar. Com isso, reduziremos 50% da frota de veículos circulando em Macapá. Claro que existe exceções, transporte público, táxi, mototáxi, veículos de profissionais da saúde, segurança”, explicou o prefeito.

“A outra medida são as operações integradas nos bairros, orientando o que pode ou não, e a distribuição de máscaras”, enfatizou Clécio Luís. Ainda de acordo com o prefeito, essas medidas só darão certo se a população ajudar. “Sabemos que essas ações só darão certo se a nossa sociedade cumprir e ajudar. Todas essas medidas estão sendo tomadas para salvar vidas. Essas ações se fazem extremamente necessárias para aumentarmos o isolamento, que é a única forma de diminuir a velocidade do contágio do vírus”, ressaltou.

EduqBrinq distribui gratuitamente o livro “Crianças Unidas Contra o Coronavírus”. Excelente para os pequenos entenderem e aprenderam como se prevenir

Muito interessante o livro digital infanto-juvenil “Crianças Unidas Contra o Coronavírus”, editado pela EduqBrinq para as crianças aprenderem como se prevenir do novo Coronavírus. O livro está sendo doado para  famílias, escolas, entidades e governos e pode ser baixado no endereço www.eduqbrinq.com.br/livrocorona . É gratuito. Aproveita e baixa logo para dar para os seus filhos, netos, sobrinhos…

O livro aborda de forma lúdica e pedagógica esse assunto tão importante e atual, com foco nas crianças de 6 a 13 anos, apresentando de forma divertida, como uma aventura, o coronavírus, a covid-19 e como se prevenir.

Sabe-se que criança quando tem informação torna-se um agente multiplicador, pois começa a tratar do assunto com os adultos com quem convive e  fazer cobranças no sentido de que eles, os adultos, cumpram as “regrinhas” que elas, as crianças, aprenderam e passam a impor. Né não?

Autores
Os autores são amapaenses. Roseane Lopes é professora aposentada, arte educadora e escritora de reconhecido talento. Ela mora em Belém.
Elder Márcio  é conceituado odontólogo, além de poeta e pianista muito talentoso  Ele reside em Macapá.

 

Coronavírus – Mais de 100 mortes no Amapá. Em 24 horas mais de 400 novos casos confirmados

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) divulgou agora novo relatório com dados sobre o Covid-19 no Amapá com 423 novos casos confirmados, sendo 363 em Macapá, 09 em Santana, 33 em Laranjal do Jari, 02 em Oiapoque, 06 em Porto Grande, 01 em Serra do Navio, 03 Vitória do Jari, 01 em Tartarugalzinho, 04 em Amapá e 01 em Ferreira Gomes.

Também há a notificação de mais 07 óbitos, ocorridos entre os dias 29 de abril e 13 de maio. Em Macapá, as vítimas são 02 mulheres, uma de 67 anos (sem comorbidades) e outra de 79 anos (hipertensa e diabética). E também 03 homens, um de 75 anos (hipertenso), um de 40 anos (sem comorbidades) e um de 74 anos (sem comorbidades). Em Laranjal do Jari, um homem de 56 anos (sem comorbidade). Já no município de Amapá, o registro é de um homem de 69 anos, sem comorbidade declarada.

Painel geral de casos pelo COVID-19:
Casos confirmados: 3.428 (sendo 2.353 em Macapá, 470 em Santana, 07 Calçoene, 30 em Cutias do Araguari, 11 em Ferreira Gomes, 09 em Itaubal, 237 em Laranjal do Jari, 45 em Mazagão, 59 em Oiapoque, 43 em Pedra Branca, 63 em Porto Grande, 01 em Pracuúba, 36 em Serra do Navio, 12 em Tartarugalzinho, 42 em Vitória do Jari e 10 no município de Amapá).

Recuperados: 1.014
Óbitos: 101

Casos confirmados hospitalizados: 110 total
Sistema público: 56 (24 em leito de UTI / 32 em leito clínico)
Sistema privado: 54 (34 em leito de UTI / 20 em leito clínico)

Isolamento domiciliar: 2.203
Em análise laboratorial: 5.896
Descartados: 3.663

Informações sobre casos suspeitos:
Suspeitos declarados pelos municípios:
Macapá: 3.241
Santana: 923
Laranjal do Jari: 315
Mazagão: 310
Oiapoque: 154
Pedra Branca do Amapari: 59
Porto Grande: 142
Serra do Navio: 54
Vitória do Jari: 153
Itaubal: 21
Tartarugalzinho: 59
Amapá: 79
Ferreira Gomes: 29
Cutias do Araguari: 87
Calçoene: 36
Pracuúba: 0
Total: 5.662

Casos suspeitos hospitalizados: 168

Acompanhe mais informações sobre o coronavírus em nosso portal.
http://portal.ap.gov.br/coronavirus

Absurdo! – No Amapá macacões e máscaras são lavados para serem reutilizados pelos profissionais de saúde

Profissionais da saúde fizeram ato hoje, na frente do Hospital Alberto Lima  (HCAL), cobrando do governo equipamentos de proteção individual (EPI) .
Eles contam que os EPIs que estão usando são de baixa qualidade e que estão sendo reutilizados por falta de novos.
Máscaras e macacões que deveriam ser descartados estão sendo lavados para serem usados de novo.

No G1 tem matéria detalhada sobre isso. Leia aqui