TRE descarta anulação de votos do PSC. DaLua diz que vai processar Valdenor Guedes por calúnia

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE) proferiu decisão descartando a possibilidade de anulação dos votos obtidos pelo Partido Social Cristão (PSC) para os cargos de deputado estadual e federal. A decisão é do juiz eleitoral Hilton Sávio Gonçalo Pires e foi publicada no Diário Eletrônica do TRE nesta terça-feira, 6.

O magistrado analisou o pedido formulado pelo ex-presidente da legenda, Valdenor Guedes, no processo de prestação de contas de 2015, quando ele ainda presidia o partido, que questionava a autoria de assinatura constante numa procuração. O documento chegou a ser autenticado em cartório e objeto de análise por uma perícia da Polícia Federal. Baseado no o laudo assinado por um perito do Rio Grande do Norte, o juiz diz textualmente:

“Do confronto entre a assinatura questionada na Procuração ID 15834 e a material gráfico colhido (ID 64377), o perito formulou a seguinte conclusão: (…) Como o grau de habilidade gráfica do Sr. VALDENOR corresponde ao necessário para produzir lançamentos semelhantes aos questionados (mediante treino e da possibilidade de eventual intenção em negar a autoria), não se pode excluir a possibilidade de autofalsificação”.

O juiz Hilton Sávio rechaçou os pedidos formulados pelo ex-presidente e pelo Partido da República (PR) que tentava se habilitar no processo como terceiro interessado e disse que não está em discussão a retotalização dos votos da eleição proporcional mas o exame das contas partidárias e qualquer discussão sobre eventual falsidade em assinatura ou atos partidários, deve ser proposto “a tempo e modo, com a apresentação do instrumento processual adequado”.

Nesta terça-feira, 6, após tomar conhecimento da publicação da decisão, o presidente da legenda, deputado Pedro DaLua, concedeu entrevista em programas de rádio e considerou a atitude de Valdenor Guedes como vingança política. “Valdenor nutria o sonho de ser candidato ao senado. Mas a coligação da qual fizemos parte, decidiu por maioria que os candidatos seriam Randolfe e Bala”, relembra.

Ele também esclarece que a procuração questionada por Valdenor foi assinada na presença de testemunha idônea, que já registrou declaração pública em cartório, confirmando o ato. “A própria perícia da Polícia Federal considera a possibilidade de autofalsificação. Veja: ele assinou 33 páginas mas questiona apenas uma procuração que perdeu o valor após a mudança no diretório pois ele já não respondia por nenhum ato do partido”. DaLua também relembra que a decisão de substituir Valdenor Guedes na direção estadual do partido ocorreu ainda no ano passado por incompatibilidades com o diretório nacional.

DaLua e os demais dirigentes do PSC prometem ingressar com representação contra Valdenor Guedes por denunciação caluniosa e pedido de reparação por danos morais e materiais.

(Renivaldo Costa)

A poesia de Demócrito Marinho

A NOITE
Demócrito Marinho

Enquanto o sol se oculta
Ela vem chegando silente
Vai despertando prazeres
Bares se enchem de gente.

Igrejas se enchem de gente
Praças se enchem de gente
Shoppings se enchem de gente
Cinemas se enchem de gente.

As ruas se enchem de gente
Com tantos rostos diferentes
Um é do bom Ricardo Pontes
Que segue rindo tão contente.

Noite de Luau na Samaúma
Sob um clima envolvente
Poetisa Alcinéa Cavalcante
Declama versos docilmente.

E na madrugada da noite
Há um mundo diferente
E só quem pode contá-lo
São as brisas coniventes.

E nisso o Ronilson dorme
E a Jô Araújo faz poesias
Pastana toma um bom vinho
Enchendo a alma de alegria.

Na equipe de transição nenhuma mulher

Do Congresso em Foco

Lista de equipe de transição de governos traz 27 nomes e nenhuma mulher

Os 27 nomes que farão parte do grupo de transição do atual governo, de Michel Temer, para o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, foram divulgadas ontem (segunda, 5) em edição extraordinária do Diário Oficial.

Entre os nomes, estão o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, o futuro ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, o futuro ministro da Defesa, general Augusto Heleno e o vice-presidente do PSL, Gustavo Bebianno. A lista não traz o nome de nenhuma mulher. Veja a lista:

  • MARCOS AURÉLIO CARVALHO
  • PAULO ROBERTO
  • MARCOS CÉSAR PONTES
  • LUCIANO IRINEU DE CASTRO FILHO
  • PAULO ANTÔNIO SPENCER UEBEL
  • AUGUSTO HELENO RIBEIRO PEREIRA
  • GUSTAVO BEBIANNO ROCHA
  • ARTHUR BRAGANÇA DE VASCONCELLOS WEINTRAUB
  • GULLIEM CHARLES BEZERRA LEMOS
  • EDUARDO CHAVES VIEIRA
  • ROBERTO DA CUNHA CASTELLO BRANCO
  • LUIZ TADEU VILELA BLUMM
  • CARLOS VON DOELLINGER
  • BRUNO EUSTÁQUIO FERREIRA CASTRO DE CARVALHO
  • SÉRGIO AUGUSTO DE QUEIROZ
  • ANTÔNIO FLÁVIO TESTA
  • CARLOS ALEXANDRE JORGE DA COSTA
  • PAULO ROBERTO NUNES GUEDES
  • WALDEMAR GONÇALVES ORTUNHO JUNIOR
  • ABRAHAM BRAGANÇA DE VASCONCELLOS WEINTRAUB
  • JONATHAS ASSUNÇÃO SALVADOR NERY DE CASTRO
  • ISMAEL NOBRE
  • ALEXANDRE XAVIER YWATA DE CARVALHO
  • PABLO ANTÔNIO FERNANDO TATIM DOS SANTOS
  • WALDERY RODRIGUES JUNIOR
  • ADOLFO SACHSIDA
  • MARCOS CINTRA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE

Das 27 pessoas, 22 foram nomeadas e as últimas cinco foram designadas para assessorar a equipe e não receberão por isso. (Leia a matéria completa aqui)

Anvisa suspende a venda de hipoclorito de sódio da marca Leimar

A Anvisa suspendeu  a fabricação, a distribuição, a divulgação, a comercialização e o uso do produto Hipoclorito de Sódio 5% Leimar, fabricado pela empresa Leimar Indústria e Comércio de Sabão Ltda. -ME. A medida de interesse sanitário determina, ainda, que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado.

Motivação
A suspensão foi motivada pela comprovação da fabricação e do comércio do produto saneante em desacordo com o registro feito na Anvisa, já que foram suprimidas as frases “PRODUTO EXCLUSIVAMENTE DE USO PROFISSIONAL. PROIBIDA A VENDA DIRETA AO PÚBLICO.”, conforme modelo de rotulagem aprovado pela Agência. Além disso, o rótulo do produto continha o número de registro de outro produto registrado junto à Anvisa pela empresa Leimar Ltda.

Novembro azul – Prédio da Prefeitura tem iluminação temática

Fofoqueiros de plantão já andam espalhando que o prédio da Prefeitura de Macapá está azul em homenagem ao governador reeleito, que usa essa cor em suas campanhas.
Nada a ver!
A iluminação azul – que por sinal ficou muito bonita – é para chamar a atenção para a Campanha Nacional Novembro Azul  que visa a  prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Assim como foi feito no mês passado no Outubro Rosa

Vai começar a campanha Papai Noel dos Correios

Nesta quinta-feira (8), a Superintendência dos Correios do Amapá realiza o lançamento da campanha Papai Noel dos Correios 2018.

Ano passado, a regional recebeu aproximadamente 8 mil cartas, mais de 4 mil foram adotadas pela sociedade amapaense. Este ano, espera-se que o quantitativo de cartas adotadas e atendidas, seja maior que os anos anteriores.

Como surgiu
A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados, que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartas escritas por crianças, destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, resolveram adotar eles mesmos as cartinhas e enviar os presentes.

Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção e acabou se transformando num projeto corporativo dos Correios.

Resistir é a arte mais profunda

“Resistir é a arte mais profunda do meu povo!”. Este é o tema da Caminhada Zumbi dos Palmares que será realizada em Macapá no Dia da Consciência Negra, 20.
A concentração será na Praça Barão do Rio Branco às 16h. A realização é do Instituto Mocambo em parceria com o governo do Estado.

E depois da caminhada tem o Encontro dos Tambores, realizado pela União dos Negros do Amapá (UNA).  no Centro de Cultura Negra para homenagear a cultura e história da população afrodescendente do Amapá.

Amapá HackFest para combater a corrupção

O Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP) e parceiros realizaram, nesta segunda-feira (5), na Procuradoria-Geral de Justiça Promotor Haroldo Franco, o lançamento do I Amapá HackFest, uma maratona hacker para desenvolver soluções de tecnologia para o combate à corrupção.

O Amapá HackFest é um movimento tecnológico apoiado na mobilização coletiva de profissionais e estudantes de diversas áreas correspondentes à gestão pública, que será realizado no período de 7 a 9 de dezembro, em Macapá. Visa o desenvolvimento e produção de soluções tecnológicas avançadas para o combate à corrupção, como aplicativos ou jogos que atuem na promoção de controle e conscientização social quanto aos gastos públicos, além de oferecer palestras, oficinas e painéis com especialistas, que irão fomentar a reflexão sobre temas relevantes para a sociedade e para a prevenção de práticas corruptas.

A Maratona HackFest é destinada à participação da sociedade em geral e as inscrições para palestras, oficinas e painéis já podem ser feitas pelo endereço eletrônico: www.amapahackfest.com.br