Retrato em preto e branco – Família Franco

Família Franco, que fez muito pelo Amapá. Dona Lali e os filhos Zé Maria, Olopércio e Haroldo Franco. A casa da família ficava na avenida Cora de Carvalho entre as ruas Leopoldo Machado e Hamilton Silva.
Haroldo entrou para a história da imprensa amapaense como fundador, diretor e editor do primeiro jornal diário do Amapá: o Jornal do Povo, na década de 1970.
A família Franco continua fazendo muito pelo Amapá com a promotora Ivana Cei (filha de Haroldo, neta de Lali) incansável no combate à corrupção.

Um terço dos deputados que declaram voto a favor de Temer responde a acusações criminais

Do Congresso em Foco

Denunciado por corrupção pela Procuradoria-Geral da República, o presidente Michel Temer (PMDB) tem a promessa de apoio de quem conhece bem os meandros do Ministério Público e da Justiça. Um em cada três dos 61 deputados (veja a lista abaixo) que já declararam publicamente que votarão contra o recebimento da denúncia por corrupção passiva contra o presidente no Supremo Tribunal Federal responde a acusações criminais na própria corte.

Levantamento do Congresso em Foco, feito com base nas declarações de voto publicadas neste domingo (2) pelos jornais Folha de S.Paulo e O Globo, indica que pelo menos 23 deputados que apoiam abertamente o presidente são investigados no Supremo por crimes como corrupção, contra a Lei de Licitações, eleitorais, falsidade ideológica e formação de quadrilha, entre outros.

Veja aqui a  lista dos investigados

No combate à dengue

Nesta segunda-feira, 3, às 10h, a Prefeitura de Macapá vai receber do Ministério da Saúde veículos tipo pick-up para uso exclusivo do Programa de Combate à Dengue.
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde esses  carros serão fundamentais para a intensificação das ações de prevenção e controle do vetor, concentrando ainda mais esforços no combate ao Aedes, evitando assim a proliferação do mosquito e, consequentemente, a transmissão da dengue, zica e febres chikungunya e amarela urbana.

Surto de conjuntivite em Macapá

Chegou junto com o verão um surto de conjuntivite em Macapá.
Altamente contagiosa, a conjuntivite viral é frequente nesta época do ano.
De acordo com o Hospital dos Olhos não existe tratamento específico para conjuntivite viral, mas é possível  diminuir os sintomas e o desconforto utilizando soro fisiológico gelado e compressas sobre as pálpebras, limpando os olhos com frequência, ou ainda, usando colírios lubrificantes e lágrimas artificiais.

Para evitar a propagação, os médicos recomendam:
Lavar as mãos com frequência.
Não colocar as mãos nos olhos para evitar a recontaminação.
Evitar coçar os olhos para diminuir a irritação da área.
Lavar as mãos antes e depois do uso de colírios ou pomadas.
Não compartilhar lençóis, toalhas, travesseiros e outros objetos de uso pessoal de quem está com conjuntivite;

Prevenção
O Hospital dos Olhos diz que é  difícil prevenir-se das conjuntivites, mas algumas medidas podem diminuir o risco de se adquirir, entre as quais não usar maquiagem de outras pessoas, não compartilhar toalhas de rosto e  lavar as mãos com frequência e não colocá-las nos olhos.

Senador Randolfe recebe homenagem no Brasil Sabor

“De todos os miscigenados Estados brasileiros, nós temos o orgulho de ser o mais miscigenado. Aqui se juntou o branco português, o negro africano, as populações originárias que aqui já estavam. Mas, de todos esses traços característicos, não tenham dúvidas que além do nosso Amazonas, nenhum chama tanta atenção, quanto a nossa culinária”, disse o senador Randolfe Rodrigues, no palco Tucupi, sexta-feira ao ser homenageado no Festival Brasil Sabor pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) com o prêmio figura política 2017.

O Festival Brasil Sabor – que conta com a participação dos melhores chefs –  começou sexta-feira e encerra às 23h de hoje na sede do Sebrae em Macapá. Ainda dá tempo de dar uma passadinha por lá e degustar as maravilhas da culinária amapaense.

Deus e os ídolos – Dom Pedro José Conti

Deus e os ídolos
Dom Pedro José Conti, Bispo de Macapá

Certa vez, em Roma, alguns idólatras astuciosos questionaram o velho Rabi Simeão, que tinha o apelido de “Muito Sábio”. Disseram-lhe:

– Se o vosso Deus não gosta que as pessoas adorem os ídolos, porque ele, o Todo-poderoso, não destrói esses ídolos todos de uma vez?

Respondeu com presteza o sábio Rabi: – Se os homens adorassem coisas inúteis que o mundo não precisa, de certo, Deus os arrasaria. No entanto, eles adoram o sol, a luz, os astros e os planetas. Deveria o Senhor destruir a sua criação por causa dos estultos? Continue lendo