O rockeiro Marco Leal

Professor universitário, guitarrista e tecladista Marco Leal é rockeiro desde que se entende por gente. Na adolescência, inclusive,  montou uma banda.  Era a  Fita K-7, que tocava  rock nacional e internacional, e fazia o maior sucesso com músicas de  Legião Urbana, Titãs, The Cure e U2.

No Dia do Rock, quinta-feira, Marco Leal lembrou em sua página no Facebook, que depois da Fita K-7 fez parte da banda Prisioneiros do Lar como tecladista.

“Na época existiam poucas bandas genuínas de Rock, Mesantropia, Cidade Oculta, Desertores da Patria. Tempo muito bom. Hoje o Rock em Macapá tem uma cena bem interessante e diversificada, bandas com grandes músicos. E, muitas tocam rock dos anos 80, tocam com virtuosidade. Porém, a história está aí, somos os pioneiros. Sem esquecer claro dos mestres antes de nós! Banda Placa, Snaker, The Tramps, que tocavam rocks dos anos 60 e 70″, escreveu.

A banda Fita K-7

Patrícia Bastos é o Amapá em lugar de destaque no cenário nacional

Patrícia Bastos mais uma vez coloca o Amapá em lugar de destaque no cenário musical brasileiro. Ela disputa com Maria Bethânia e Lenine o 28º Prêmio da Música Brasileira na categoria Álbum, com Batom Bacaba. O álbum de Patrícia – produzido  por Du Moreira e Dante Ozzetti – é recheado de ritmos do Amapá, como o marabaixo e o batuque.
Patrícia – que já há algum tempo é reconhecida nacionalmente – vem de uma família musical. Sua mãe, a cantora e compositora Oneide Bastos,  é uma das vozes mais lindas que já ouvi e seu irmão, Paulinho Bastos é um dos músicos mais completos do Amapá.

O Amapá, claro, está na torcida por Patrícia Bastos. E mais: só de ela estar disputando com os consagrados Lenine e Bethânia já é uma vitória e motivo de grande orgulho.

O resultado será conhecido na próxima quarta-feira, 19, às 21h, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Macapá Verão – Programação de domingo

Fazendinha
13h30 – Grupo de Dança Amigos da Toada;
14h – Banda Brincando de Boi;
15h – Banda Swing Sensual;
16h – Adenor Monteiro;
16h – Performance “Banquete nº 2” – Claudete Nascimento.

Curiaú
14h – Dedé Mossoró;
15h – Laura do Marabaixo

Praça Floriano Peixoto
Estação Criança

16h30 – Contação de história com Lu de Oliveira;
17h – Contação de história com Ruth Xavier;
17h30 – Cortejo artístico – A Turma da Janfarra – Cia. Tucujus;
18h – Roda de Capoeira – Aricelio Benjamim;
18h – Casa Circo – espetáculo “Palhaço Mutuca de Sol a Solo”;
18h30 – Intervenção poética – Annie Carvalho;
19h – Cia. Cangapé – espetáculo “Se deixar ela canta”;
19h30 – Cia. de Arena – espetáculo “OPS! Se não quer pagar pra vê”;
20h – Rechene Amim – espetáculo “Buiando na antrenet”.

Justiça congela bens do deputado Jaci Amanajás

O juiz da 4ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá, André de Menezes, acatou o pedido liminar do Ministério Público do Amapá (MP-AP) em ação de improbidade administrativa movida contra o deputado estadual Jaci Amanajás e determinou, quinta-feira,  o congelamento dos bens do parlamentar.

A medida visa assegurar o ressarcimento dos danos causados aos cofres públicos, Continue lendo

Hoje tem “Estação Juventude”

Mais uma programação diversificada do Macapá Verão 2017, a Estação Juventude estreará neste sábado, 15, na Praça da Bandeira. A Prefeitura de Macapá reservou espaço para shows musicais que vão do hip-hop, rock ao MPA POP, além de intervenções poéticas e dança. Ao todo, 10 atrações se apresentarão no Palco Juventude.

Confira as atrações:
19h – Intervenção poética – Naldo Martins;
19h – Jaime Vitor – Verão em Saturno;
19h30 – dança – Hip-Hop Subterfúgios e Identidades Femininas;
20h – Faype;
20h30 – Wellem Silva;
21h – Faces da Vida;
21h30 – Pinducos;
22h – Gueto Rudeboyz – Brisa do Amazonas;
22h30 – Cleverson Baía;
23h – Banda Dezoito 21.