Paralisação nacional dia 10

Em Macapá a concentração será às 9h na Praça da Bandeira.
No Amapá o ato servirá também para cobrar punição rigorosa aos empresários e servidores públicos que mexeram na merenda das crianças, desviando aproximadamente R$ 2 milhões destinados a merenda escolar de vários municípios do Estado no inicio de 2016 deixando mais de 50 escolas sem merenda.
O caso veio à tona no dia 31 de outubro quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Senhores da Fome

Feira de saúde na praça

Muito legal  a iniciativa da IMMES de fazer uma feira de saúde preventiva na praça.
Será sábado, das 9h às 15h, na bela Floriano Peixoto. A feira é coordenada pelo curso de Farmácia, mas conta também com os cursos de Fisioterapia e Nutrição.
Vai ter teste de glicemia, aferição de pressão arterial, determinação do IMC e orientação quanto à saúde do idoso, mulher e homem, coleta de medicamentos vencidos e vigentes, exercício para gestantes, treino funcional, auriculoterapia, exercício para 3º idade, avaliação postural, quiropraxia, avaliação e orientação nutricional.

Sábado tem samba, marabaixo e carnaval no Laguinho

(Foto: Arquivo – www.alcinea.com)
A Associação Universidade de Samba Boêmios do Laguinho (AUSBL) promove neste sábado,11, uma grande festa para apresentar o projeto de carnaval para o ano que vem.
O evento será as 20h, no Theatro do Samba, com direito à apresentações de pontos técnicos, da nova diretoria, da Bateria Pororoca, os intérpretes da nação além das atrações: Osmar Jr; Jorginho do Cavaco; Grupo Pilão; Val Milhomem; Beto Oscar e Marabaixo do Laguinho. A entrada é franca.
Na ocasião, o primeiro casal de Mestre-sala e Porta – Bandeira, Pablo Sena e Fefê do Laguinho, será apresentado oficialmente.
O enredo do carnaval 2018 será “Belezas Africanas, Dádivas que a Mãe África Mandou”.
( Adryany Magalhães)

Encontro dos Tambores começa dia 20

Em 2017 a programação em homenagem à Zumbi dos Palmares, o Encontro dos Tambores, realizado pela União dos Negros do Amapá (UNA) inicia no dia 20 de novembro e segue até 29, com uma vasta agenda religiosa, cultural e festiva. Cultos afro-religiosos, debate, workshop, hip hop, Mais Belo e Bela Negra, e os tradicionais Missa dos Quilombos e apresentações das comunidades tradicionais irão movimentar o Centro de Cultura Negra do Amapá (CCNA) no bairro Laguinho, área central de Macapá, que se torna o palco das manifestações afrodescendente, ainda hoje mantidas nas comunidades rurais, quilombos e áreas urbanas tradicionais de Macapá. Continue lendo