Marabaixo percorre as ruas da Favela

Festejando a Santíssima, o Marabaixo da Favela neste momento percorre as ruas do bairro soltando foguetes, cantando ladrões, animando a cidade com seus tocadores de caixa. As mulheres, de saias floridas, dão um colorido todo especial a este fim de domingo. O sol – que já ia se recolher – ficou mais um pouquinho para reverenciar a  nossa cultura.




O Amapá brilhou na XXI Feira Pan Amazônica do Livro

O Amapá brilhou na XXI Feira Pan Amazônica do Livro promovida pelo governo do Pará, que começou dia 26 e encerra neste domingo em Belém, reunindo centenas de escritores de toda a Amazônia.
O brilho do Amapá se deu com a participação do renomado sociólogo e escritor Fernando Canto, poeta Inácio Sena, escritora Rute Xavier e os contadores de história Nelma Del Castilho e Fábio Nescal.

Fernando Canto fez o pré-lançamento de Mana Guga (o lançamento está sendo aguardado com muita ansiedade em Macapá) e autografou mais alguns livros seus como o excelente Equino Cio

Poeta e editor Inácio Sena autografando “Lavra da Palavra”. Um livro que recomendo para quem gosta da boa poesia

Pedagoga, atriz e escritora, Rute Xavier autografou o já famoso “O Saci que não tinha uma perna só”,que ela escreveu com seu neto Adan Lucas, de 10 anos,  e a amiga Claudevania Carvalho. O livro traz uma abordagem inclusiva com o personagem Saci do folclore brasileiro e foi resultado de uma peça de teatro produzida para uma escola de Macapá.

Fábio Nescal e Nelma Del Castilho deram  show contando histórias

Um poema de Bruno Muniz

Boatos
Bruno Muniz

Tão dizendo por aí
que o meu olhar sem ti
amiúda os girassóis,
desalinha as gaivotas,
escangalha as estrelas.
Dizem à boca miúda
que ouço vozes na pintura tua;
que quando passas
eu te demoro até o fim das vistas;
que te colho aos cachos:
da cor que aninha teus olhos
ao doce que mora tua boca;
que me decoro as vestes
a combinar amores;
que me sorriso todo
quando a dizer teu nome.
Tão dizendo por aí que eu gosto de você.